sábado, 29 de novembro de 2014

RECAPEAMENTO ASFÁLTICO COM RECURSOS PRÓPRIOS.

O Prefeito René Nedel acompanhou
pessoalmente os trabalhos de recapeamento
asfáltico na avenida Cel.Jorge Frantz , início
da Rua cerro Azul e frente da Prefeitura Municipal
O total será de 9950 m/2 de pavimentação e
dentro de 30 dias estará tudo pronto e sinalizado.

*folha da produção*

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

GAZETA INTEGRAÇÃO.



SEMINÁRIO REFLETE EDUCAÇÃO BÁSICA E AVALIA FORMAÇÃO CONTINUADA.

Cerro Largo: Seminário reflete educação básica e avalia Programa de Formação Continuada

formao_cerrolargo“Aquilo que se vê nos livros, nos computadores, nos diferentes armazéns do conhecimento já não é mais conhecimento, são saberes da humanidade, porque o conhecimento tem que ser algo sempre novo, tem de representar uma nova geração daquilo que se conhece como a realidade”. A frase do secretário de Educação do Rio Grande do Sul, José Clóvis de Azevedo, mostra um novo conceito para o ensino. Porém, como transmitir saberes e gerar conhecimento aliando teoria e prática na realidade da educação pública básica no Estado? Para refletir sobre questões como essa é que se reuniram, nesta quinta-feira (27), em Cerro Largo, cerca de 800 pessoas para o I Seminário Macromissioneiro de Formação Continuada de Trabalhadores em Educação. O evento contou com a participação de representantes de seis Coordenadorias Regionais da Educação (CREs) dos municípios de Santo Ângelo, Santa Rosa, Ijuí, São Luiz Gonzaga, Três Passos e Cruz Alta, do Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul (CPERS) de oito núcleos da região, de Secretarias Municipais de Educação de 85 municípios, da Promotoria de Justiça Regional de Educação de Santo Ângelo e Missões e de oito Instituições de Ensino Superior (IES) presentes no estado.
O Seminário representou o encerramento da 1ª fase do programa Interinstitucional de Formação Continuada dos Trabalhadores em Educação da Região Macromissioneira – Noroeste do RS. O Programa, iniciado neste ano, buscou articular instituições nos diferentes níveis federal, estadual e municipal para refletir as práticas pedagógicas na educação pública básica nesta região. Conforme afirma o coordenador, Luis Fernando Gastaldo, professor da UFFS, esta foi uma fase de avaliação e sistematização dos trabalhos realizados ao longo de 2014. “O grande desafio agora é mantermos isso em andamento. Depois de todo um processo de construção, este ano pudemos efetivar as formações, por meio dos Grupos de Trabalho”, afirma. Gastaldo também explicou o caráter interinstitucional que define o Programa: “não somos nós que devemos ditar o que a escola deve fazer, os próprios professores sabem de suas necessidades e é nisso que auxiliamos e foi dessa forma que fizemos desde o início”.
Para José Clóvis, o Programa é referência para outras regiões: as universidades já têm ido às comunidades e é muito produtivo fazer essa ponte, essa integração entre a educação básica e a universidade. “Quando a proposta surgiu, eu disse: 'é isso que precisamos fazer'. É uma referência fantástica, é a ideia mais importante que se viu em termos de formação nos últimos tempos”, avalia o secretário.
Articulação interinstitucional
Para fazer a formação continuada de cerca de 10 mil profissionais da educação (entre professores e funcionários das escolas), de 85 municípios do Estado, é preciso que várias instituições trabalhem juntas em prol da otimização da educação. Coordenada pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Cerro Largo, ela ainda conta com oito IES da região, que atuam como instituições formadoras: Instituto Federal Farroupilha (IFF dos campi Santa Rosa, Santo Ângelo e Panambi), Unijuí, URI, IESA, Unicruz e Setrem. Para o diretor da UFFS – Campus Cerro Largo, Edemar Rotta, esse foi um movimento significativo que representa um grande ganho para a educação. “Além de unir os trabalhadores em educação, ele também congregou as instituições. Só tivemos movimento similar a esse na década de 90. Estávamos muito desarticulados em termos de participação das IES na formação dos docentes, pois cada um fazia o seu trabalho separadamente”, reflete Rotta.
Reconhecimento Nacional
O vice-reitor da UFFS, Antônio Andrioli, que esteve presente no evento, informou que o Programa representa “o maior projeto de extensão da Universidade e também o melhor avaliado programa de formação continuada de trabalhadores do Brasil”. Ele também ressalta o protagonismo dos professores por terem a função de definir as estratégias, os métodos e objetivos utilizados. “É um processo que parte da valorização do profissional docente, envolvendo técnicos da educação e todos os profissionais que atuam no Ensino Médio e na Escola Básica da região, trazendo o protagonismo desses profissionais para a elaboração do próprio Programa”, informa Andrioli.
Painel de GT´s
Os representantes dos Grupos de Trabalhos puderam relatar aos demais suas experiências realizadas ao longo de 2014. Cada um dos GT´s foi composto por profissionais da área temática, por um coordenador designado pelas CRE´s e por um professor assessor de uma das IES, também vinculado à área de interesse. Foram formados cerca de nove GT´s em cada CRE abrangendo diferentes áreas de conhecimento: Gestão, Alfabetização e Letramento, Seminário Integrado, Educação Profissional, Matemática, Ciências Naturais, Ciências Humanas, Códigos e Linguagens e, por fim, Funcionários de Escola.
No encerramento da primeira etapa, foi entregue um documento à Secretaria de Educação do Estado solicitando a garantia da continuidade do Programa nos próximos anos.

7º.ENCONTRO INTERNACIONAL DE CHAMAMACEROS.

O Clube Caça e Pesca de Cerro Largo recebeu um grande
público na noite de ontem para abertura do 7º .Encontro de
Chamameceros e 6º. Manifesto,Canto e Poesia Nheçuanos.
O Evento vai até domingo dia 30 na sede social no Km 2 da estrada
Cerro Largo São Luiz Gonzaga, e tem expectativa dos organizadores 
é de receber em torno de 5 mil visitantes.

Hoje a noite-28 de novembro
Mário Barbará
Claudia Guedes e ViniciusHoch
Charles Arce
Gene Missioneiro
Los Praguayos

Sábado dia 29 de novembro
Emerson Gotardo
Tiago Rossato
Antônio Gringo
Gilberto Missioneiro

Domingo 30 de novembro
Tertúlia Livre
Almoço de Enceramento

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

FOLHA DA PRODUÇÃO .


SECRETARIO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO EM CERRO LARGO.

Nesta quinta feira, 27 de novembro acontece em Cerro Largo, o
1º.Seminário Macromissioneiro de Formação Continuada de Trabalhadores
em Educação. O Evento pretende reunir mais de 800 profissionais da área para
avaliar e sistematizar o Programa de Formação Continuada iniciado
nsete ano. Com a presença do Secretário Estadual de Educação  José Clóvis de Azevedo,
6 Coordenadorias  Regionais de Educação, Secretarias Municipais de
Educação de 85 Municipios, representantes sindicais dos professores e 
do MinistérioPúblico Estadual.
O Programa envolve a UFFS-Universidade Federal da Fronteira Sul  como articuladora
Central, juntamente com Instituições federais e comunitárias da região:Instituto Federal
Farroupilha (IFF)-campus Sta.Rosa,Santo Angelo e Panambi, URI, UNIJUI, IESA,
SETREM E UNICRUZ.
O evento inicia às 08:30 horas no Salão Paroquial de Cerro Largo.
* fonte:uffs*

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

DOIS ARTIGOS MUITO INTERESSANTES.

                      *ARTIGOS PUBLICADOS NA ZERO HORA DE 23.11.2014*

PESQUISA DA UFFS PREMIADA SOBRE TRANSPARÊNCIA EM MUNICIPIOS.




Após 15 anos da Lei (9755/1998) que obriga a disponibilização de dados e informações das contas públicas em página da internet criada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), os governos municipais da região sul do Brasil ainda não disponibilizam as suas informações de forma completa ao cidadão. A constatação foi revelada por meio de um estudo dos níveis de evidenciação e características das informações contábeis de 300 municípios da região, realizado pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Cerro Largo. Dos governos municipais pesquisados, 44% fazem parte do Rio Grande do Sul, 26,7% de Santa Catarina e 29,3% do Paraná.
O estudo mostrou que nenhum dos governos avaliados divulgou todas as informações compulsórias previstas na lei, como os relatórios de gestão fiscal, contratos, orçamento anual, entre outros. As evidenciações compulsórias mais divulgadas foram as Arrecadações, especificadas em 73% dos municípios, e as Relações de Compras, divulgadas em 66,7% dos governos municipais. Com relação às evidenciações voluntárias, apenas 9% apresentaram as informações completas, 55,3% apresentaram de maneira insuficiente e 22,7% não o fizeram. Essas evidenciações são documentos como os balancetes, relatórios financeiros de pagamentos a fornecedores, relação de bens imobilizados, relatório por natureza dos gastos, despesas com saúde, educação pessoal, dívida, entre outros. “Apesar da transparência ter melhorado nas últimas décadas, o que vemos diariamente na mídia e na nossa volta, mostra que um longo caminho precisa ser percorrido, preferencialmente num ritmo de 'corrida de 100 metros rasos e não de maratona'”, interpreta o professor da UFFS – Campus Cerro Largo, Ari Söthe, orientador do estudo.
Além disso, a pesquisa aponta para uma deficiência na compreensão da maioria dos usuários, o que representa, segundo Söthe, uma diminuição no estímulo à fiscalização por parte dos cidadãos. As informações contábeis, segundo a pesquisa, são reconhecidas como úteis aos seus usuários quando apresentam características que atribuem valor informacional, indo além da mera publicação dos dados, “para que a informação possa ser acessível e útil”. Ainda, é indispensável que as demonstrações sejam apresentadas de forma padronizada, possibilitando a compreensão das contas, além de serem completas. Para Söthe, “a transparência é um elemento que mitiga possíveis falhas na gestão, pois, por meio dela, o gestor reconhece suas falhas e seus acertos, e as apresenta para julgamento pela sociedade, ou seja, ele passa a se preocupar muito mais com os resultados da sua gestão na vida das pessoas e menos com o efeito político da sua gestão”, conclui o professor.
Pesquisa premiada
A pesquisa intitulada “Evidenciação das informações contábeis: estudo nos governos municipais da região Sul do Brasil”, foi premiada como o melhor trabalho da área de Administração Pública durante o XVII Seminário em Administração (SemeAd) organizado pela Universidade de São Paulo (USP), realizada no final de outubro deste ano. O estudo foi produzido por Söthe e pela estudante de Administração do Campus Cerro Largo, Iara Dresel, no período de um ano, com início em 2013.
Para Iara, a originalidade do tema, o universo de pesquisa, envolvendo os três estados da região Sul e a análise qualitativa dos dados, mesmo dentro do grande universo de municípios, foram fatores que destacaram a pesquisa das demais. A estudante afirma que, além do aprendizado que o artigo proporcionou, o prêmio vai pesar em seu currículo profissional: “Ter um artigo aprovado e premiado pelo SemeAd da USP é de grande importância para o meu currículo profissional. Como futura profissional da área de Administração, estarei melhor preparada para enfrentar o mercado de trabalho e, como pesquisadora e estudante, é o reconhecimento de muito trabalho e esforço”, comemora Iara, que informou que o estudo já foi aprovado para publicação em revista científica da área.

www.uffs.edu.br

domingo, 23 de novembro de 2014

3ª.SEMANA ACADÊMICA DA ENGENHARIA AMBIENTAL DA UFFS.

III Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental do Campus Cerro Largo inicia no dia 24

Inicia, na próxima segunda-feira (24), a III Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental do Campus Cerro Largo. Na abertura, com início marcado para as 7h45, na sede da Associação dos Municípios das Missões (AMM), haverá a palestra “Remoção de contaminantes orgânicos presentes em efluentes petroquímicos por absorção”, ministrada por Adriana Dervanoski da Luz. A partir das 10h, será realizada a palestra “Qualidade Ambiental”, ministrada por palestrante da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), do Rio Grande do Sul.
Durante o evento, que ocorre até quarta-feira (26), serão abordados assuntos como Licenciamento Ambiental, Cadastro Ambiental Rural (CAR), controle de poluição atmosférica, processos de tratamentos de efluentes, entre outros.
Veja programação completa:
Segunda-feira (24)
Manhã (Local: AMM)
7h30-7h45 – Assinaturas
7h45-8h – Abertura Oficial
8h-9h45 – Palestra “Remoção de contaminantes orgânicos presentes em efluentes
petroquímicos por adsorção” Palestrante: Adriana Dervanoski da Luz
9h45-10h – Coffee Break
10h-11h45 – Palestra “Qualidade Ambiental” Palestrante: Fepam
Tarde: (Local: auditório Unidade Bloco A)
13h30-14h – Assinaturas
14h-15h30 – Palestra “Uso de geotecnologias nas diversas áreas ambientais”
Palestrante: Econativa
15h30-16h – Coffee Break
16h-17h45 – Mesa redonda com os formandos do curso de Engenharia Ambiental
sobre o papel dos estágios na formação do engenheiro.
Terça-feira (25)
Manhã (Local: AMM)
7h30-8h – Assinaturas
8h-9h45 – Palestra “Impacto ambiental dos reservatórios nos peixes” Palestrante:
David Reynalte
9h45-10h – coffee break
10h-11h45 – Palestra “Direito Ambiental Constitucional” Palestrante: Serli Genz Bölter
Tarde (Local: auditório Unidade Bloco A)
13h30-14h – Assinaturas
14h-15h30 – Palestra “Incineração de resíduos e emissões atmosféricas” Palestrante:
Marcelo Godinho
15h30-16h – Coffee Break
16h-17h45 – Palestra “Desafios da carreira do profissional Engenheiro Ambiental”
Palestrante: Ivan Carlos Lago
Quarta-feira (26)
Manhã (Local: auditório Unidade Bloco A)
7h30-8h – Assinaturas
8h-9h45 – Palestra “Usos Múltiplos da Água e Gestão Sustentável de Bacias
Hidrográficas”. Palestrante: Milton Norberto Strieder
9h45-10h – coffee break
10h-11h30 – Palestra “Licenciamento Ambiental de Empreendimentos” Palestrante:
Ambiental Projetos e Assessoria.
11h30-11h45 Encerramento

www.site da UFFS

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

LA SALLE TEM MATRÍCULAS ABERTAS.

O Colégio La Salle Medianeira de Cerro Largo, está
com suas matrículas abertas até o dia 26 de dezembro.
O Colégio atende alunos a partir de 02 anos(educação infantil)
até o 3º. ano do Ensino Médio.
Horário de atendimento na Escola:
07:30 hrs até 11:50 hrs
13:30 hrs até 18 horas
Os novos candidatos podem manifestar
interesse na vaga pela internet.

*gazeta integração*

terça-feira, 18 de novembro de 2014

LUTA DA AMM REFERENTE AOS RESÍDUOS SÓLIDOS.

Luta da AMM continua, após veto da Presidência da República na prorrogação do prazo dos Resíduos Sólidos

Apesar do constante esforço dos prefeitos missioneiros e de outras regiões do país, das  mobilizações da Confederação dos Municípios (CNM) e da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), na semana passada o presidente da República em exercício, Michel Temer, vetou a prorrogação do prazo de cumprimento da Política Nacional dos Resíduos Sólidos. O artigo 107 foi incorporado ao Projeto de Lei de Conversão (PLV) 15/2014 e aprovado pelo Congresso Nacional. Ele estendia por mais quatro anos, até 2018, o período determinado na Lei 12.305/2010 para o fim dos lixões, além da adoção de uma série de novas obrigações referentes ao setor. O PLV 15, após a sanção, passou a ser a Lei 13.043/2014. Porém, alguns artigos, incluindo o 107, foram vetados integralmente.
A inclusão da emenda e aprovação no Congresso foi resultado de uma luta do movimento municipalista. O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, lamentou o veto, pois a prorrogação representaria mais tempo para a captação de recursos e de técnicos para executar a PNRS. A legislação está em vigor e o prazo terminou em agosto deste ano. Os municípios, e até mesmo os prefeitos, mesmo sem condições financeiras, estão sujeitos a duras penas, como reclusão e altas multas, se não atenderem à Política.
Intervenção da AMM junto à bancada gaúcha
O presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Junaro Rambo Figueiredo, por várias vezes, representou a região nas mobilizações da CNM em Brasília  e buscou apoio da bancada gaúcha. “Em nome dos 26 prefeitos da AMM, telefonamos e enviamos mensagens no celular dos deputados e senadores pedindo que votassem favorável ao artigo 107, que requisitava mais quatro anos para adequação dos municípios à PNRS. Tivemos êxito, pois o pleito teve aprovação na Câmara e no Senado Federal. Da mesma forma, reivindicamos a intervenção política de toda a bancada gaúcha junto à presidente Dilma Roussef, na expectativa de que ela sancionasse a ampliação do respectivo prazo”, explicou Junaro, que também é prefeito de São Luiz Gonzaga, ao acrescentar que a Associação vai continuar firme nesta luta, unindo forças com outros gestores municipais brasileiros, e sempre contando com a ajuda da CNM e da Famurs.
Uma nova perspectiva
A partir do veto, a Confederação trabalha para que outra emenda seja incluída na Medida Provisória 656/2014, que tramita no Congresso. Desta vez, a emenda deve oferecer um prazo escalonado - quanto menor o município mais tempo ele terá para atender à PNRS.
Ziulkoski disse que os gestores municipais estão preocupados também com os recursos, já que não adianta estender o prazo se não der condições para os governos. “Esperamos que seja incluído no Orçamento do ano que vem um montante destinado aos municípios para ser usado na elaboração e execução dos planos de Resíduos Sólidos”, enfatizou o dirigente da CNM.
União dos prefeitos
Prefeito de Entre-Ijuis, José Paulo Meneghini evidenciou que “os municípios não têm apoio técnico e financeiro, e a promotoria está sempre pressionando os prefeitos na questão dos resíduos sólidos. Por isso, é fundamental a região permanecer unida nesta reivindicação por mais tempo para adequação”. Também o prefeito de São Pedro de Butiá, Henrique Herbele compartilha da mesma opinião e destaca: “o problema do lixo é bastante sério, especialmente nos pequenos municípios. Temos que somar esforços e fazer o possível para estarmos presentes na próxima mobilização da Confederação em Brasília”, ressaltou Henrique Herbele.
Por Karin Schmidt
Fonte: CNM
site AMM

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

III SEMANA ACADÊMICA DE LETRAS DA UFFS.

III Semana Acadêmica de Letras do Campus Cerro Largo aborda a formação continuada

A III Semana Acadêmica de Letras da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Cerro Largo está com as inscrições abertas. O evento, que inicia na próxima terça-feira (18), tem como tema a Prática Docente e Formação Continuada e conta com palestras, oficinas, minicursos e momentos culturais. A terceira edição do evento busca conscientizar o docente e estudante da importância da formação continuada como facilitadora na aproximação entre a teoria e prática pedagógica, na medida em que permite o acompanhamento dos avanços dos conhecimentos, tecnologias e das novas exigências do meio social e político.
Segundo a coordenadora do evento, Geni Moura da Costa, a escolha do tema baseou-se no fato de que sempre haverá alteração nas exigências que recaem sobre o educador. “Ele precisa estar atualizado e bem informado, não apenas em relação aos fatos e acontecimentos do mundo, mas principalmente em relação aos conhecimentos curriculares e pedagógicos e às novas tendências educacionais. A formação continuada passa a ser um dos elementos básicos para a transformação do professor, pois proporciona estudo, pesquisa, reflexão e contato constante com novas concepções”, explica a professora.
As atividades são direcionadas aos alunos e professores de Instituições de Ensino Superior (IFES), professores da rede municipal, estadual, federal e particular e membros da comunidade regional interessados em participar. A professora Geni ressalta que “o envolvimento de todos aqueles que fazem parte da escola é imprescindível, pois a escola se faz da interação entre alunos, professores, equipe pedagógica, pais e colaboradores”, afirma.
Durante o evento serão sorteados livros sobre o ensino de língua espanhola aos participantes. Os livros, segundo a professora, são doações do Conselho de Educação da Embaixada da Espanha no Brasil, que está apoiando a Semana Acadêmica de Letras.

Veja abaixo a programação:
Terça-feira (18/11)
Exposição: “Histórias Contidas e não Contadas” – a Vida pela Fotografia. Um trabalho da Professora Ana Beatriz Ferreira Dias (UFFS) juntamente com a 10ª Fase do Curso de Letras (UFFS);
19h30min: Atividade Cultural no auditório da Unidade Seminário da UFFS – Campus Cerro Largo;
20h: Palestra “Formação Continuada: Uma Construção Possível, ministrada pela professora Dinalva Agissé Alves de Souza (URI – Campus de Santo Ângelo), no auditório da Unidade Seminário da UFFS – Campus Cerro Largo.
Quarta-feira (19/11)
Com início às 14h:
Oficina 01: Conexões Musicais: Novos Rumos, com a professora Maria da Graça Nascimento e Silva e Sandra Mariani Batista (Escola da URI) – 25 vagas;
Oficina 02: A Oficina Somos Nós: O Desenvolvimento do Homo-Ludens no Ensino de Espanhol Língua Estrangeira (ELE), com a professora Marise Schadeck (IESA/Escola da URI) – 25 vagas;
Oficina 03: Práticas de Leitura e Produção textual, com a professora Daniele Schmatz (UFFS) – 25 vagas.
Com início às 19h30:
Oficina 04: O Ensino de Libras no Ensino Superior, com a professora Cleusa Inês Ziesmann (UFFS) – 25 vagas;
Oficina 05: Linguagem e Marketing: a Arte da Guerra, com as professoras Ana Beatriz Ferreira Dias e Dionéia Dalcin (UFFS) – 25 vagas;
Oficina 06: Literaturas Africanas, com o professor Demétrio Alves Paz (UFFS) – 25 vagas;
Oficina 07: La influencia de la literatura gaucha en la literatura gaúcha, com a professora Neiva Maria Graziadei Fernandes (UFFS) – 25 vagas.
Quinta-feira (20/11)
Com início às 14h:
Minicurso 01: O Cinema como Recurso Pedagógico, com a professora Serli Bolter (UFFS) – 25 vagas;
Oficina 08: Dicção e Oratória, com a estudante da UFFS Aline Sommerfeldt da Silva – 25 vagas.
Com início às 19h30:
Oficina 9: Construção de Materiais Didáticos para Prática Inclusiva de Cegos e Surdos, com a professora Cleusa Inês Ziesmann (UFFS) – 25 vagas;
Oficina 10: Pintando Cenas – O Uso de Telas Cinematográficas como Mote para Escrita de Textos, com a professora Cleuza Pelá (UFFS) – 25 vagas;
Oficina 11: Projetos de aprendizagem, com a professora Neusete Machado Rigo (UFFS) – 25 vagas.
Sexta-feira (21/11)
Com início às 14h:
Oficina 12: Reflexões sobre o Fim…Contatos imediatos com a Poesia, com as professoras Bárbara Panciera, Luiza Grass e Olga Robalo (UFFS/Curso de Especialização em Linguagem e Ensino) – 25 vagas.
Oficina 13: O Uso das Tecnologias em Sala de Aula, com a professora Giceli Isabel Cerri (UFSM) – 25 vagas.
20h – Palestra de Encerramento: Somos Filhos/as do Nosso Tempo! A (Auto) Formação Docente Baseada em Modelos Biográficos, com a professora Sandra Vidal Nogueira (UFFS), no auditório da Unidade Seminário da UFFS. 
 

sábado, 8 de novembro de 2014

ELEIÇÃO PARA O CONSELHO TUTELAR.

Extrato de Edital de Eleição para o Conselho Tutelar

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, no uso de suas atribuições legais, com base na Lei nº 8.069/90, Lei nº 12.696/12 e Lei Municipal n° 1.482/97, torna público, para o conhecimento dos interessados, a realizaçãode eleições para membros suplentes do Conselho Tutelar, conforme segue:

Período de Inscrição: 05/11/2014 a 21/11/2014
Local: Secretaria Municipal de Educação, localizada na Prefeitura Municipal à Rua Cel Jorge Frantz, 675;
Horário de Inscrição: 08h às 11h30 e das 13h30 às 16h40;
Remuneração mensal: R$ 870,86;
Horário de expediente:na forma da Lei Municipal nº 1482/97;
Vagas: 5 (cinco) vagas para suplente de conselheiro tutelar;
Validade do mandato: até 9 de janeiro de 2016;

O edital completo está disponível no Mural da Prefeitura Municipal de Cerro Largo e no site do Município (http://cerrolargo.rs.gov.br/).

Cerro Largo, RS, 30 de outubro de 2014.

Marta Schoffen
Presidente Interina
Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

CAMPANHA ORGULHO DE SER MISSIONEIRO.

Apresentação da campanha 'Orgulho de ser Missioneiro' será no Festival de Turismo em Gramado
03 de Novembro de 2014
Prefeitos, secretários de Turismo, autoridades estaduais e federais, além de representantes do trade turístico de diversos estados e países, devem participar da cerimônia de lançamento
O turismo das Missões terá destaque especial no 26º Festival de Turismo de Gramado (Festuris). Durante o evento será lançada oficialmente a campanha 'Orgulho de ser Missioneiro', dia 7 de novembro, às 19 horas, no stand da Setur/RS, no Centro de Eventos Serra Park. A proposta do Detur/Funmissões visa a criação de uma marca publicitária para ser utilizada nos produtos turísticos desenvolvidos na região. Uma submarca com o slogam 'Eu amo as Missões', que será direcionada ao público jovem, também faz parte da iniciativa."Os destinos turísticos missioneiros já têm expressivo reconhecimento com o Rota Missões. O trabalho da equipe do Departamento de Turismo é incrementar e impulsionar, ainda mais, as potencialidades da nossa região com a marca, que estará identificada nos produtos comercializados, inclusive para outros estados e países", explicou a diretora do Detur e prefeita de Sete de Setembro, Rosane Grabia, lembrando que a Funmissões vai custear o transporte dos prefeitos e responsáveis pelo setor nos municípios da AMM, como uma forma de conhecer o funcionamento deste tipo de feira.
Resgate da cultura indígena
A região das Missões estará representada durante todos os dias no festival no stand da Secretaria Estadual de Turismo. Além da cerimônia de lançamento da campanha 'Orgulho de ser Missioneiro', folders, lembrancinhas e participação de benzedeiras, outros atrativos estão sendo preparados para divulgar o turismo e a cultura dos 26 municípios que fazem parte da Associação dos Municípios das Missões (AMM). Secretária Executiva do Departamento de Turismo da Funmissões, Izábel Cristina Ribas destacou que alguns jovens da região estarão no espaço disponibilizado pela Setur vestidos com roupas típicas, que remetem à indumentária e os costumes da época dos índios guaranis. “Os visitantes terão a oportunidade de conhecer um pouco sobre a cultura missioneira, e com certeza serão muito bem recebidos por toda equipe da região das Missões”, afirmou Izábel, que também é secretária de Turismo de São Miguel.
Mobilização dos missioneiros
Vice-diretor do Detur, Hilário Casarin enfatizou a importância da presença dos prefeitos, secretários municipais e outros envolvidos no setor de turismo da região. "O lançamento da campanha 'Orgulho de ser Missioneiro' é um momento importante para todos nós, que tanto lutamos para fortalecer o turismo regional integrado. Esta será mais uma conquista que se deve a união de forças dos missioneiros, por isso, precisamos estar presentes na solenidade, na próxima sexta-feira, dia 7 de novembro, às 19 horas", reforçou Casarin, que é prefeito de São Miguel das Missões.
Na cerimônia de lançamento são esperadas diversas autoridades federais e estaduais, como representantes da Famurs, CNM, governo do Estado, e, especialmente prefeitos, secretários municipais, imprensa, empresários, operadores de viagens, turismólogos e outros integrantes da região das Missões. A programação do 26º Festuris, que acontece no período de 6 a 9 de novembro, no Palácio dos Festivais, em Gramado/RS, inclui um congresso que objetiva expor os temas e tendências mais pertinentes do mercado do turismo, bem como proporcionar um espaço para capacitação e aperfeiçoamento dos profissionais do trade turístico.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de imprensa
SITE:AMM

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

UFFS CERRO LARGO PROMOVE SEMINÁRIO....

Campus Cerro Largo promove Seminário sobre Práticas Inclusivas

Na próxima segunda-feira (10) acontece o “I Seminário de Práticas Inclusivas na UFFS”, promovido pelo Núcleo de Apoio Pedagógico (NAP) e Setor de Acessibilidade (SA) do Campus Cerro Largo.
A atividade terá como tema a “Educação Inclusiva e a Formação de Profissionais Docentes e Técnicos”, trabalhado por meio de mesas-redondas, roda de conversas/relatos de experiência, vivências e evento cultural, aberta à comunidade acadêmica. Segundo a coordenadora do NAP, professora Cleusa Ziesmann, dialogar a partir das diferenças que compõem a escola vem se constituindo em uma prática nos componentes curriculares dos cursos de licenciatura na Universidade Federal da Fronteira Sul – Campus Cerro Largo. “Por isso, convidamos pessoas que mostram que o espaço e tempo acadêmico permitem afirmar e reafirmar a necessidade de reorganizar a Formação Inicial dos Professores, atendendo às necessidades da Educação Básica”, destaca Cleusa.
As inscrições, gratuitas, podem ser feitas pelo e-mail: formanovoa@hotmail.com ou no local do evento. Haverá certificação para participação em período integral.
O evento será realizado no auditório da Unidade Seminário, das 13h30 às 22h.
Mais informações com Ronaldo Cesar Darós, fone: 3359 3950 e Cleusa Inês Ziesmann, fone: 8422 1539.
WWW.UFFS.EDU.BR

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

UFFS CONQUISTA PRÊMIO GUIA DO ESTUDANTE.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (5) em São Paulo. A Universidade Federal 

da Fronteira Sul concorreu na categoria Inclusão com o projeto “Política de 

Ingresso na Graduação”, o qual garante que 90% dos alunos da Instituição

 sejam oriundos de escolas públicas. A organização do prêmio recebeu 2.466

 inscrições de 1.067 instituições de ensino superior de todo o país.

A premiação faz parte dos Prêmios Santander Universidades e tem como 
objetivo reconhecer as instituições de ensino superior que mais se destacaram 
no período de julho de 2013 a junho de 2014. A UFFS foi representada no 
anúncio das instituições vencedoras em cada categoria pelo reitor, Jaime Giolo,
 e pelo pró-reitor de Graduação, João Alfredo Braida.
Para João Alfredo Braida, o prêmio tem um significado importante para a UFFS,
 “pois representa um reconhecimento nacional da política de ingresso implementada
 desde o início de funcionamento da Instituição. As possibilidades de inclusão estão
 na origem da UFFS, tanto que possui 90% dos estudantes oriundos de escolas públicas. 
A UFFS foi concebida para que os filhos e os netos dos trabalhadores possam 
frequentar uma universidade”, entende Braida.
Também entusiasmado com o reconhecimento da política de ingresso dos estudantes 
na UFFS, Jaime Giolo afirma que a importância da premiação também está na
reafirmação das práticas ligadas à ideia de uma maior democracia nas relações sociais.
“Com certeza o prêmio vai dar mais visibilidade à UFFS no plano nacional, tanto 
que algumas instituições já me procuraram para conhecer mais o nosso modelo”, afirma Giolo.
O projeto de inclusão da UFFS
Em 2013, a UFFS iniciou um novo modelo de reserva de vagas para ingresso
 nos cursos de graduação. A Política de Ingresso na Graduação atende a estudantes 
classificados através de sua situação econômica (renda familiar), através de sua 
etnia – negra, indígena, parda, branca – e, principalmente, classifica os alunos 
pela sua trajetória escolar: ensino público, privado ou parcialmente público,
 por categoria administrativa.
Com a nova Política, a UFFS traçou uma linha de equidade entre o percentual 
de alunos matriculados no ensino médio das escolas públicas dos três estados do
 Sul do Brasil e as vagas de graduação ofertadas pela Instituição. No Rio Grande do Sul, 
o último censo indicou que 90% dos estudantes do Ensino Médio estão em escolas
 públicas, dessa forma, nos campi da UFFS naquele estado, 90% das vagas são 
reservadas a esse perfil estudantil. O mesmo acontece nos estados do Paraná e 
em Santa Catarina, onde 88% e 85% das vagas, respectivamente, constituem a 
cota escola pública. Ainda inovando, a UFFS inclui uma cota para estudantes que 
cursaram parcialmente o Ensino Médio em escolas públicas. O novo modelo favorece
 a qualidade do ensino, sob todos os aspectos, pois descentraliza preocupações e o
 comprometimento com a melhoria da educação e da escola.
O compromisso da UFFS com a escola pública existe desde a fundação da Instituição, 
em 2010. Já nos primeiros processos de seleção, os alunos dessas escolas eram favorecidos 
por meio do “fator escola pública”, com índice de 10%, 20% ou 30% aplicado à nota do
 ENEM, contemplando cada ano do Ensino Médio cursado nessa rede escolar. A sanção 
da Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012 (Lei da Reserva de Vagas) oportunizou à UFFS
 reformular e aperfeiçoar o seu modelo de ingresso, incorporando integralmente 
os dispositivos legais e complementando-os. A nova Política de Ingresso na Graduação
 da UFFS faz justiça à trajetória escolar dos candidatos, ao perfil econômico das famílias
 e à caracterização étnica da população.
A nova Política aponta para dados extremamente relevantes no que diz respeito à 
inclusão dos alunos de escola pública no Sistema Federal de Ensino Superior: 
somente no último processo seletivo da UFFS, 90% dos alunos ingressantes são 
oriundos do ensino público. A nova Política possibilitou que os filhos de famílias
 social e economicamente desassistidas pudessem iniciar o processo de transformação
 da sua própria realidade ao acessar o ensino superior de forma gratuita e com assistência.

www.uffs.edu.br





terça-feira, 4 de novembro de 2014

CONCURSO PARA 20 VAGAS NA UFFS-MAGISTÉRIO SUPERIOR.

UFFS oferece 20 vagas em concurso público para Magistério Superior

concurso_20vagas









Com a publicação do Edital Nº 697/UFFS/2014, a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) oferece mais uma oportunidade a profissionais da Carreira do Magistério Superior. Trata-se de concurso público com oferta de 20 vagas em diferentes áreas do conhecimento para os campi Chapecó (SC), Erechim (RS), Passo Fundo (RS) e Cerro Largo (RS).
As inscrições podem ser efetuadas no período de 5 a 18 de novembro pelo endereço https://concursos.uffs.edu.br/. O candidato terá até o dia 19 de novembro para enviar o comprovante de inscrição e de pagamento da Guia de Recolhimento da União (GRU) para o e-mail inscricao.concurso@uffs.edu.br com o assunto: Inscrição Concurso.
O concurso público é composto de três etapas: prova de conhecimentos, prova didática e prova de títulos. A prova de conhecimentos está marcada para o dia 13 de dezembro, a partir das 13h30. O candidato poderá acompanhar as publicações referentes às etapas do concurso público acessando o endereço https://concursos.uffs.edu.br/
 

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

PROCESSO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO NA UFFS.

Processo Seletivo para professores substitutos segue até o dia 12 de novembro

prof_substi_banner_2









A Universidade Federal da Fronteira Sul publicou o Edital nº 687/UFFS/2014, que trata do Processo Seletivo Simplificado para Contratação de Professor de Magistério Superior Substituto. As inscrições podem ser efetivadas até o dia 12 de novembro no Setor de Gestão de Pessoas dos campi de Erechim (RS), Realeza (PR) ou Chapecó (SC), conforme o interesse do candidato.
As inscrições deverão ser feitas pelo próprio candidato ou por seu procurador legalmente constituído, mediante procuração simples com assinatura reconhecida em cartório. Ao todo, são oferecidas 12 vagas em várias áreas do conhecimento: uma vaga para o Campus Realeza; três vagas para o Campus Erechim; oito vagas para o Campus Chapecó.
O Processo Seletivo constará de prova de títulos e de prova didática. O resultado final será divulgado a partir do dia 24 de novembro. Para mais informações envie e-mail para o endereço cpcp@uffs.edu.br.As informações a respeito das etapas do processo seletivo, homologação das inscrições, resultados e avisos relacionados aos editais podem ser acompanhadas pelo endereço https://concursos.uffs.edu.br/.

domingo, 2 de novembro de 2014

3º.CIRCUITO DE CORRIDAS DE RUAS EM CERRO LARGO.

 
   Cerro Largo está sediando o 3º. Circuito de corridas de ruas
agora de manhã. Com 216 atletas inscritos em diversas 
categorias por idades,este é o esporte que mais tem crescido
no mundo inteiro.
Capitaneados pelo Rodrigo Petri, nosso municipio a cada
ano apresenta um número maior de adeptos das
corridas.Este circuito é realizado nas cidades de 
Cruz Alta,Ijui,Sto.Angelo,Santa Rosa e Cerro Largo.

sábado, 1 de novembro de 2014

UFFS-FINALISTA DO PRÊMIO GUIA DO ESTUDANTE.

UFFS é finalista do Prêmio Guia do Estudante - Destaques do Ano 2014

premio_siteA Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) é, pela primeira vez, uma das finalistas do Prêmio Guia do Estudante – Destaques do Ano 2014, premiação que faz parte da 10ª edição dos Prêmios Santander Universidades.

Nesta edição, foram enviados 20.106 projetos de 1.067 Instituições de Ensino Superior de todo o país. Somente para o Prêmio Guia do Estudante – Destaques do Ano 2014, cujo objetivo é reconhecer as instituições de ensino superior que mais se destacaram no período de julho de 2013 a junho de 2014, o número de inscrições foi de 2.466.

A UFFS concorre na categoria “Inclusão”, com o projeto “Política de Ingresso na Graduação”, o qual garante que 90% dos alunos da Instituição sejam oriundos de escolas públicas. São três finalistas nesta categoria.
A notícia foi recebida na última sexta-feira (24), com entusiasmo, pelo pró-reitor de Graduação, João Alfredo Braida. “É resultado do trabalho que temos desenvolvido na UFFS no sentido de incluir e dar oportunidade de ingresso aos alunos oriundos das escolas públicas no ensino superior. Esse prêmio coloca a Política de Ingresso da UFFS em uma janela, para que seja vista e reconhecida por diversos setores da sociedade brasileira. Sem dúvida somos a universidade que tem o maior percentual de cotas para alunos da escola pública, e isso faz muita diferença para os acadêmicos da nossa região”, detalha.
O reitor, Jaime Giolo, também comenta sobre o reconhecimento da proposta da Universidade. “Ser finalista desta distinta condecoração é salutar, pois sabemos que esse prêmio mobiliza instituições de ensino superior de todo o Brasil. É ótimo saber que a iniciativa de inclusão da UFFS pode ser propagada em um contexto interessante como é este”, destacou. O reitor lembrou que a inclusão é a ferramenta da UFFS, que já vem trabalhando com a inclusão de indígenas e negros, através de vagas suplementares oferecidas em cada processo seletivo. Além disso, tem o processo de seleção de haitianos nos cursos de graduação e, agora, o Processo Seletivo Especial para Indígenas (PIN).
As instituições vencedoras, escolhidas entre as finalistas por uma comissão julgadora, serão reveladas durante a cerimônia dos Prêmios Santander Universidades, em São Paulo (SP), em 5 de novembro de 2014.


O projeto de inclusão da UFFS

Em 2013, a UFFS iniciou um novo modelo de reserva de vagas para ingresso nos cursos de graduação. A Política de Ingresso na Graduação atende a estudantes classificados através de sua situação econômica (renda familiar), através de sua etnia – negra, indígena, parda, branca – e, principalmente, classifica os alunos pela sua trajetória escolar: ensino público, privado ou parcialmente público, por categoria administrativa.

Com a nova Política, a UFFS traçou uma linha de equidade entre o percentual de alunos matriculados no ensino médio das escolas públicas dos três estados do Sul do Brasil e as vagas de graduação ofertadas pela Instituição. No Rio Grande do Sul, o último censo indicou que 90% dos estudantes do Ensino Médio estão em escolas públicas, dessa forma, nos campi da UFFS naquele estado, 90% das vagas são reservadas a esse perfil estudantil. O mesmo acontece nos estados do Paraná e em Santa Catarina, onde 88% e 85% das vagas, respectivamente, constituem a cota escola pública. Ainda inovando, a UFFS inclui uma cota para estudantes que cursaram parcialmente o Ensino Médio em escolas públicas. O novo modelo favorece a qualidade do ensino, sob todos os aspectos, pois descentraliza preocupações e o comprometimento com a melhoria da educação e da escola.

O compromisso da UFFS com a escola pública existe desde a fundação da Instituição, em 2010. Já nos primeiros processos de seleção, os alunos dessas escolas eram favorecidos. Por meio do “fator escola pública”, índice de 10%, 20% ou 30% aplicado à nota do ENEM, contemplava cada ano do Ensino Médio cursado nessa rede escolar. A sanção da Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012 (Lei da Reserva de Vagas) oportunizou à UFFS reformular e aperfeiçoar o seu modelo de ingresso, incorporando integralmente os dispositivos legais e complementando-os. A nova Política de Ingresso na Graduação da UFFS faz justiça à trajetória escolar dos candidatos, ao perfil econômico das famílias e à caracterização étnica da população.

A nova Política aponta para dados extremamente relevantes no que diz respeito à inclusão dos alunos de escola pública no Sistema Federal de Ensino Superior: somente no último processo seletivo da UFFS, 90% dos alunos ingressantes são oriundos do ensino público. A nova Política possibilitou que os filhos de famílias social e economicamente desassistidas pudessem iniciar o processo de transformação da sua própria realidade ao acessar o ensino superior de forma gratuita e com assistência.

uffs.edu.gov.br

ORGANIZAÇÃO DA FEIRA INTERNACIONAL MISSIONEIRA.

Organização da Feira Internacional Missioneira, marcou participação da AMM na reunião dos 30 Povos Jesuítico-Guarani 15 de Agosto de 2017...