quarta-feira, 1 de julho de 2015

CRESCE ARTICULAÇÕES PARA VINDA DO PAPA ÀS MISSÕES

Na Argentina, AMM se reúne com representantes do Vaticano para articular vinda do Papa Francisco às Missões.

Na Argentina, AMM se reúne com representantes do Vaticano para articular vinda do Papa Francisco às Missões
Presidente da AMM com o representante do Vaticano

Avançam possibilidades para a presença do Sumo Pontífice na região, em setembro de 2016

O presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Angelo Fabiam Duarte Thomas, esteve reunido nesta sexta-feira (26), com Juan Carlos, de Buenos Aires, representante da Cúria e amigo do Papa Francisco, para dar seguimento às tratativas da vinda do Sumo Pontífice à região das Missões, em 2016. O encontro ocorreu às margens do rio Paraná, em San Ignacio, província de Misiones, na Argentina, onde os convidados foram recepcionados pelo intendente anfitrião, Don Juan Esteban. Além de Brasil e Argentina, o evento contou com participantes do Paraguai.
Esforço da AMM
Em novembro do ano passado, a convite de Juan Esteban, o então presidente da AMM, prefeito de São Luiz Gonzaga, Junaro Rambo Figueiredo, acompanhado dos prefeitos de São Miguel das Missões, Hilário Casarin, de Porto Xavier, Paulo Sommer e de São Nicolau, Benone de Oliveira, estiveram em San Ignacio, no esforço de trazer o Papa à região. Na época, foi formada a Assembleia Permanente das Missões Jesuíticas-Guaranis, integrada por autoridades municipais brasileiras, argentinas e paraguaias.

Possibilidade concreta
Fabiam Thomas relatou que um grupo de municípios destes três países, de fato, está articulando a vinda do Papa até as Missões e que, o conceito que está sendo trabalhado é o de resgatar a saga jesuítica e incluir no roteiro papal os 30 povos missioneiros. Segundo o dirigente da AMM, os representantes do Vaticano passaram todas as orientações necessárias para que o processo possa avançar e se solidificar, e existe uma possibilidade concreta de acontecer um roteiro do Papa em setembro de 2016.

Momento histórico
O presidente da AMM salientou que Francisco é hoje uma das figuras públicas de maior repercussão a nível mundial. Com agendas previstas para Cuba, Estados Unidos e China, e por isso, não se pode alimentar a expectativa de uma grande permanência nas missões jesuíticas. Contudo, avalia Fabiam, um roteiro de dois dias, com visitação a uma redução de cada um dos países, é algo que não pode ser descartado. “Seria um acontecimento histórico uma celebração em São Miguel, por exemplo, e lutaremos muito para isso acontecer. Mas o foco é a garantia da vinda do Papa às missões em 2016, no Brasil, na Argentina, ou no Paraguai. Se ocorrer nos três países será uma consagração do projeto”, enfatizou o prefeito missioneiro.
Na reunião de hoje em San Ignacio, o presidente da Associação dos Municípios das Missões defendeu que a agenda do Papa abranja os três países missioneiros, contemplando, de forma simbólica, os 30 povos. Ele propôs uma agenda nas missões de cada país: Brasil, Argentina e Paraguai. “A ideia foi bem aceita pelo grupo, mas prevaleceu o entendimento de que, a palavra final, será do Vaticano e de que o mais importante é a confirmação desta agenda papal no ano que vem, em alusão aos 30 povos missioneiros”, explicou Thomas.

Próximo encontro
Ao final do encontro, ficou estabelecido que dentro de 40 dias deve acontecer a próxima reunião, em San Javier/Argentina, ocasião em que será divulgada a "petição" pública de solicitação de agenda ao Papa, em forma de nota oficial. Além de intendentes dos três países, dos municípios de Trinidad (Paraguai); Eldorado (Argentina); San Ignacio guazu (Paraguai); Corpus Christi (Paraguai); Santa Maria (Paraguai); San Javier (Argentina), e de Giruá (Brasil), esteve presente o ministro de Turismo da Província, arquiteto Sergio Dobrusin.


Por Karin Schmidt -Site AMM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORGANIZAÇÃO DA FEIRA INTERNACIONAL MISSIONEIRA.

Organização da Feira Internacional Missioneira, marcou participação da AMM na reunião dos 30 Povos Jesuítico-Guarani 15 de Agosto de 2017...