terça-feira, 27 de outubro de 2015

AMM ,AMGSR e AMUPLAM DEFINEM DATA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA.

Aeroporto regional: definida data da audiência pública promovida pela AMM, AMGSR e AMUPLAM
27 de Outubro de 2015
No intuito de obter um posicionamento oficial por parte do governo do RS, quanto à conclusão das obras de revitalização do aeroporto regional de Santo Ângelo, as Associações de Municípios das Missões (AMM), da Grande Santa Rosa (AMGSR), e do Planalto Médio (AMUPLAM), estão articulando uma grande mobilização macrorregional. Será uma audiência pública que vai ocorrer no próximo dia 13 de novembro, às 13h30min, na Universidade Regional Integrada – URI, em Santo Ângelo.

O evento contará com a participação de autoridades federais e estaduais, prefeituras, Câmaras de Vereadores, órgãos de controle externo de gestão pública, Comudes, Coredes, associações comerciais, imprensa, universidades, empresários, e demais entidades representativas.

Boato ou verdade?
Conforme entendimento entre os dirigentes da AMM, prefeito de Giruá, Angelo Fabiam Duarte Thomas, da AMGSR, prefeito de Três de Maio, Olívio José Casali, e da AMUPLAM, prefeito de Ijuí, Fioravante Batista Ballin, o principal motivo da mobilização é cobrar uma resposta clara do Estado sobre a real situação dos serviços de modernização do aeroporto regional de Santo Ângelo. “Somos gratos por tudo o que o secretário estadual de Transportes e Mobilidade, deputado Pedro Westphalen, fez para a região, mas precisamos indagá-lo: é boato ou verdade que as obras do aeroporto estão condenadas à paralisação?” questiona Fabiam.

O presidente da AMM acrescentou ainda que a própria imprensa se torna refém de informações cruzadas. “Algumas lideranças vão até o aeroporto dizem que os trabalhos estão em andamento, já outras, afirmam que estão parados. Por isso, é imprescindível a transparência e manifestação oficial do Estado”, frisou. Ele destacou que a intenção das prefeituras também é de contribuição. “Pretendemos oferecer nossa ajuda. Quem sabe, todos os municípios, em conjunto, executam esta obra”, sugere.

Lutas conjuntas
Sobre a valorosa parceria entre AMM, AMGSR e AMUPLAM, Thomas disse que a cada dois meses, os presidentes das três associações regionais vão se reunir para discutirem alternativas conjuntas em prol de outras pautas regionais voltadas à saúde, educação, agricultura, e demais setores. “A união fortalece as lutas, e quem ganha é a população dos 57 municípios que integram a região das Missões, da Grande Santa Rosa e do Planalto Médio”, ressaltou Angelo Fabiam Duarte Thomas.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORGANIZAÇÃO DA FEIRA INTERNACIONAL MISSIONEIRA.

Organização da Feira Internacional Missioneira, marcou participação da AMM na reunião dos 30 Povos Jesuítico-Guarani 15 de Agosto de 2017...