quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

AMM PROMOVE JORNADAS DE CAPACITAÇÃO.

AMM está promovendo jornadas de capacitação em diferentes áreas

 AMM está promovendo jornadas de capacitação em diferentes áreas
Seminário de Gestão Prática para Incremento de Receitas

Assunto foi tema de assembleia mensal da Associação, que também tratou sobre a ponte internacional e aeroporto regional de Santo Ângelo

Oportunidades de formação em vários setores e com profissionais gabaritados, estão sendo disponibilizadas gratuitamente pela Associação dos Municípios das Missões (AMM). O objetivo, conforme explicou o presidente da entidade, Angelo Fabiam Duarte Thomas, é auxiliar as prefeituras missioneiras no aprimoramento do serviço público por meio do conhecimento. “A nossa Associação cumpre inúmeras funções. Entre elas, fomentar iniciativas que vão ao encontro das necessidades dos 26 municípios que a congregam. Além de informações técnicas, os cursos e eventos que estamos promovendo geram melhorias na qualidade de vida da população”, salientou Thomas, durante assembleia mensal que ocorreu na AMM, dia 27/11.

Ampliar conhecimentos
Somente no mês passado, a Associação dos Municípios das Missões concretizou duas importantes ações nas áreas de tributação e educação. No dia 17, foi realizado na sede da AMM o Seminário de Gestão Prática para Incremento de Receitas aos Municípios, ministrado pelo consultor tributário da Famurs, Milton Matana. O curso apresentou alternativas de como as prefeituras podem ampliar seus orçamentos, sem aumentar o imposto ao cidadão.

E no dia 18, Giruá sediou o 1º Fórum Regional de Educação Integral, organizado pela AMM, em parceria com o colegiado dos Secretários Municipais de Educação. O encontro propôs a reflexão sobre a implantação da escola de tempo integral nos próximos anos, e sua influência para a formação das crianças, jovens e adultos, tendo como painelista o professor Maurício Aires Vieira, vice-reitor da Unipampa.
Segundo Fabiam, esta postura da Associação será intensificada em outras frentes de atuação, como a 1ª Conferência Missioneira de Turismo, que acontecerá na próxima semana, dia 7/12, nos turnos da manhã e da tarde, com uma programação direcionada a todos os segmentos turísticos. “As vezes é difícil pra uma prefeitura contratar palestrantes e empresas para viabilizar mais conhecimento e qualificação. Não podemos garantir que as coisas aconteçam, mas é nossa obrigação assegurar os meios”, afirmou o dirigente da AMM, que é prefeito de Giruá, ressaltando que em janeiro, fevereiro e no decorrer de 2016, outras iniciativas nas áreas de agricultura, desenvolvimento urbano, paisagismo, infraestrutura, saúde, também estão sendo planejadas pela Associação, sem custos aos participantes.

Aeroporto e ponte
A pauta extensa que mensalmente move as assembleias da AMM, justifica a importância política e social da entidade. Angelo Fabiam Duarte Thomas abordou dois pleitos defendidos pela Associação que, uma vez concretizados, serão um divisor de águas na economia missioneira. Um deles é a conclusão das obras do aeroporto regional de Santo Ângelo, que de acordo com anúncio do governo estadual em recente audiência publica histórica, promovida pela AMM, AMGSR e AMUPLAM, estarão prontas até o dia 31 deste mês. “Fui pessoalmente ao aeroporto de Santo Ângelo e vi que, de fato, os trabalhos foram reiniciados e estão em ritmo bem intenso. Se tudo continuar como está, e se não houver interferência climática, ou algum fator causado pela empresa que está executando os serviços de pavimentação da pista, tudo indica que as obras serão finalizadas no prazo proposto”, relatou o dirigente da AMM.
Thomas evidenciou que, feito isso, fica mais do que confirmada a intenção da empresa Azul Linhas Aéreas em operar o trecho Missões/Porto Alegre, a partir de 18 de fevereiro de 2016, com valores de aproximadamente R$ 100. “Estamos atentos e na torcida. Realmente esta será uma grande notícia para a região missioneira, neste ano de 2015”, incentivou, lembrando que foi de suma importância a mobilização das três associações de municípios (AMM, AMGSR e AMUPLAM), que uniram forças e cobraram explicações do Estado sobre o assunto.

Outra luta que está entre as prioridades da Associação dos Municípios das Missões, há mais de trinta anos, é para que a ponte internacional que vai ligar Brasil e Argentina seja entre Porto Xavier/San Javier. Thomas e o prefeito de Porto Xavier, Paulo Sommer, fizeram um relato detalhado aos colegas gestores sobre a reunião que ocorreu no mês passado em Brasília, quando os dois gestores da AMM estiveram em audiência com representantes do Dnit, juntamente com outras lideranças. “Ficamos contentes em saber que todas as inconsistências constatadas e combatidas pela AMM, quando nos foi apresentado o Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental (EVTEA), em julho deste ano, foram devidamente retiradas do EVTEA”, conforme nos informou o Dnit que recebeu e aprovou o relatório da empresa responsável por fazer este trabalho”, pontuou Fabiam.

O presidente da AMM reiterou que agora o Estudo está correto e em condições de ser remetido para avaliação e aprovação dos governos brasileiro e argentino. “Fomos à capital federal e pressionamos a equipe do Dnit para que divulguem de uma vez por todas este resultado do EVTEA, tão esperado por todos os missioneiros”, enfatizou ao acrescentar que a única dúvida é se na Argentina este tema será decido pela presidente Cristina Kirchner, que encerra seu mandato logo mais, ou pelo próximo presidente que será eleito.

Equilíbrio das contas
Prefeito de São Pedro do Butiá, município promotor da assembleia do mês de novembro, Henrique Heberle agradeceu a presença de todos e rememorou as dificuldades que vêm sendo enfrentadas pelas prefeituras, e a preocupação dos chefes do Executivo missioneiro para conseguirem equilibrar as finanças no final do ano. “Nós, gestores, sabemos que em trinta dias teremos que pagar as contas, e na situação em que se encontram os municípios, não será uma tarefa fácil”, lamentou Heberle, mas sem perder a persistência em continuar atuando, assim como os demais prefeitos da região, para poder oferecer o melhor às comunidades. “Este encontro mensal da AMM nos dá força para permanecermos unidos e reivindicando em conjunto, pois somente assim os recursos chegarão às prefeituras, e poderemos seguir trabalhando para o crescimento da região missioneira”, motivou.

Próxima assembleia
Outros debates relevantes permearam a reunião mensal da AMM, que promoverá a última assembleia de 2015, no dia 18 de dezembro, em Caibaté. Além de ser uma reunião festiva, de encerramento dos trabalhos, a Associação dos Municípios das Missões vai prestar uma homenagem à Cooperativa de Eletrificação Rural das Missões (Cermissões), que pela segunda vez consecutiva trouxe para a região o prêmio Índice Aneel de Satisfação do Consumidor (IASC). A premiação ocorreu em Brasília, no mês passado, quando a AMM esteve representada pelos prefeitos de Caibaté, Sérgio Birck, e de Mato Queimado, Nelson Hentz.  Além da homenagem, o encontro regimental da Associação terá como pauta as orientações e precauções aos prefeitos missioneiros, referente 2016. Um ano político, eleitoral mas também um ano de gestão. O painel sobre o tema será conduzido pelo consultor jurídico da AMM, Gladmir Chiele.

site AMM
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MESTRADO DA UFFS INSCRIÇÕES COMEÇAM AMANHÃ.

Mestrado em Desenvolvimento e Políticas Públicas: inscrições iniciam no próximo dia 18 São orfertadas 15 vagas, divididas em duas linhas d...