quinta-feira, 12 de maio de 2016

GOLPE MAIS QUE PERFEITO.

Postado em 12 de maio de 2016  por Juremir  -Correio do Povo

Jean Baudrillard refletiu sobre o crime perfeito.
Não fica rastro. Nem corpo.
O cadáver e o criminoso desaparecem por proliferação.
Quando todo mundo é vítima, não há criminoso.
Nem vítima.
Quando todo mundo é criminoso,  não há mais crime.
O mundo evoluiu. Já existe o crime mais que perfeito.
Assim como o golpe mais que perfeito: tão perfeito que não pode ser chamado de golpe.
É impeachment.
O golpe mais que perfeito não usa armas nem militares.
É golpe constitucional, com direito de defesa e transmissão ao vivo.
O golpe mais que perfeito é tão perfeito que, mesmo sendo constitucional e midiático, não exige prova de crime para condenar o acusado nem permite recurso à corte suprema. O presidente do STF preside o júri no qual o beneficiário do golpe atua como acusador e juiz.
A corte suprema controla o rito, mas não julga o mérito.
O golpe mais que perfeito é incontestável.
Julga por uma coisa, condena por outra.
Não admite réplica.
Nem vingança.
Pede colaboração pelo bem geral.
O golpe mais que perfeito permite compreender como foi o primeiro dia depois de um golpe imperfeito. Por exemplo, o dia 2 de abril de 1964. Rojões, “normalidade” e vida que segue.
Sem o inconveniente dos tanques nas ruas, das prisões arbitrárias e da tortura precoce.
No golpe mais que perfeito, sem eleições direitas nem traumas sociais ou tanques nas ruas, um mesmo partido chega ao poder pela terceira vez em 30 anos.
O golpe mais que perfeito transforma presidencialismo em parlamentarismo por uma noite.
Carlos Lacerda tentou muitos golpes. Todos imperfeitos.
Os seus herdeiros superaram o mestre.
O golpe mais que perfeito apresenta-se como um elogio à democracia.
A mídia produz, divulga e comemora.
Os golpes imperfeitos eram do executivo.
No golpe mais que perfeito, o legislativo derruba o executivo, mas não pode ser dissolvido por este. O judiciário veta ministro e afasta deputado, mas os poderes são independentes e harmoniosos.

O golpe mais que perfeito inaugura a democracia hipermoderna

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ORGANIZAÇÃO DA FEIRA INTERNACIONAL MISSIONEIRA.

Organização da Feira Internacional Missioneira, marcou participação da AMM na reunião dos 30 Povos Jesuítico-Guarani 15 de Agosto de 2017...