sexta-feira, 24 de novembro de 2017

AMM SEMPRE PRESENTE .

AMM ESTARÁ PRESENTE NO 2º ENCONTRO INTERNACIONAL DE GOVERNOS LOCAIS E REGIONAIS DOS POVOS JESUÍTICOS
23 de Novembro de 2017
AMM ESTARÁ PRESENTE NO 2º ENCONTRO INTERNACIONAL DE GOVERNOS LOCAIS E REGIONAIS DOS POVOS JESUÍTICOS
Gerente da Ruta Jesuítica, Beatriz Arevalo; presidente da AMM/Funmissões, Brasil Antonio Sartori; prefeito de Cerro Largo, Valter Spies e secretário Executivo da AMM, Norberto Schoffen.

O evento, que acontecerá na Bolívia, contará com a participação do presidente da AMM/Funmissões, membro da diretoria executiva da Ruta Jesuítica da Sudamérica

Na próxima semana (27 e 28/11) será realizado na Bolívia o Segundo Encuentro de Gobernadores, Intendentes, Prefeitos y Alcaldes de las Misiones Jesuíticas de Sudamérica, nas cidades Santa Cruz de la Sierra e de San Ignacio Velasco. No Brasil, são membros do conselho diretor da Ruta Jesuítica Internacional da Sudamérica, o presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e Fundação dos Municípios das Missões (Funmissões), Brasil Antonio Sartori (setor público), que é prefeito de Entre-Ijuís, e Romaldo Melher (setor privado) da Operadora de Turismo Caminho das Missões, que estarão presentes no evento. Além de conselheiro, Sartori é Secretário Executivo da Ruta.

Integram a comitiva da AMM o diretor do Departamento de Turismo (Detur) da Funmissões e prefeito de São Nicolau, Ricardo Klein e a presidente da Associação das Primeiras-Damas das Missões, Iara de Aguiar Sartori. O evento tem entre os objetivos trocar experiências e implementar estratégias necessárias que promovam a posição internacional dos povos jesuítas, enquato cultura, educação e produtos turísticos, contemplados em um plano de curto, médio e longo prazos.

O Segundo Encuentro de Gobernadores, Intendentes, Prefeitos y Alcaldes de las Misiones Jesuíticas de Sudamérica reunirá representantes dos Governos Subnacionais da Argentina, Brasil, Bolívia, Uruguai e Paraguay, num espaço de diálogo, trabalho e cooperação, no âmbito das Rotas dos Jesuítas.
O convite oficial foi entregue pessoalmente à diretoria da AMM/Funmissões, no dia 14 deste mês, na sede da Associação em Cerro Largo, pela gerente da Ruta Jesuítica, Beatriz Arevalo, do governo de Encarnación/Paraguay.

FOTO: Gerente da Ruta Jesuítica, Beatriz Arevalo; presidente da AMM/Funmissões, Brasil Antonio Sartori; prefeito de Cerro Largo, Valter Spies e secretário Executivo da AMM, Norberto Schoffen.
Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa-AMM

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

PROJETO MISSÕES PELA VIDA.

UMA TARDE DE PURA POESIA MARCOU A CULMINÂNCIA DO PROJETO MISSÕES PELA VIDA 2017
23 de Novembro de 2017
UMA TARDE DE PURA POESIA MARCOU A CULMINÂNCIA DO PROJETO MISSÕES PELA VIDA 2017
Primeiras-Damas da AMM e da Famurs

“Assim como a primavera, o outono da minha vida chegou. É Tempo de amar e viver a vida, na mais pura essência. De sabermos ouvir o tumulto e a tranqüilidade. De nos inspirar com a saudade. Parabéns as primeiras-damas, que souberam ver a outra face”. Trechos de poesias recitadas por representantes dos municípios da AMM, no Festival Missões pela Vida/2017, na quarta-feira (22/11), que lotou a sede do grupo Folclórico Alemão Heimatland, em Cerro Largo.

Com a temática ‘No Outono da Vida’, na 19ª edição do projeto Missões pela Vida, foram trabalhadas pelas primeiras-damas da AMM, que coordenam o projeto, em conjunto com as secretarias municipais de Assistência Social, de Saúde e de Educação, iniciativas voltadas aos cuidados e a valorização de pessoas a partir de 50 anos de idade, principalmente a saúde dos homens.

JOVEM DE 81 ANOS
Isso mesmo. Jovem aos 81 anos de idade, o senhor Sandoval Peixoto, acompanhado do filho, o prefeito de Rolador e vice-presidente da AMM, Paulo Peixoto, deu um show cantando e tocando na abertura do evento. Além do talento, sua apresentação demonstrou o quanto a música é capaz de estimular o físico, o emocional e a vida social não apenas do idoso, mas também daqueles que têm sensibilidade, generosidade e muito amor no coração para perceber que: TODOS NÓS ESTAMOS SENTADOS NA ESCADA DO TEMPO.
CULTIVAR BONS SENTIMENTOS
“Interagir com pessoas de diferentes faixas etárias é muito importante para a nossa saúde física, mental e espiritual, sempre lembrando do nosso Deus Criador”, destacou a presidente da Associação das Primeiras-Damas das Missões, Iara de Aguiar Sartori, de Entre-Ijuís, saudando ao público presente, e agradecendo a todos que atuaram no projeto. “Temos que cultivar a amizade, o companheirismo, a gratidão. Hoje realizamos a culminância do Missões pela Vida/2017, resultado do trabalho feito em cada município no decorrer deste ano. Poesias, músicas, grupos de corais, atrações artísticas e culturais, aqui apresentadas, fazem bem para os olhos e para a alma”, evidenciou com alegria, Iara Sartori.

MODELO PARA TODO ESTADO
Primeira-dama da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs) e presidente do Movimento Gaúcho de Mulheres Municipalistas (MGMM), Adriane Perin, de Rio dos índios, fez questão ressaltar a grandiosidade do trabalho das primeiras-damas missioneiras. “A Associação das Primeiras-damas das Missões é modelo para todo o Estado. Vim até aqui para buscar esta experiência de vocês e propagar pelos quatro cantos do Rio Grande do Sul. Dá pra perceber no brilho do olhar, que todas estão aqui por que escolheram fazer a diferença em seus municípios”, evidenciou Adriane, salientando a importância da participação e da sensibilidade feminina na política, um dos objetivos do MGMM.

PARCERIA AMM e ALM
Brasil Antonio Sartori, presidente da AMM e prefeito de Entre-Ijuís, elogiou a expressiva atuação das primeiras-damas missioneiras e equipes das secretarias, que se dedicaram na organização do evento, extensivo à primeira-dama anfitriã, Loiva Spies. “Quero agradecer de forma especial também à imprensa e aos colegas prefeitos, em grande número aqui representados, acompanhando as primeiras-damas e suas comitivas”, reconheceu Sartori.

O dirigente da Associação dos Municípios das Missões, mais uma vez fez questão de demonstrar o quanto é imprescindível a parceria entre AMM e ALM (Associação do Legislativo das Missões), na ocasião representada pelo vereador de Cerro Largo, Neivo Schmidt. “Quem faz a lei é o Legislativo; quem cumpre é o Executivo, e quem ganha com esta soma de esforços é a comunidade missioneira”, enfatizou Sartori.
Mais um trecho de poesias apresentadas na culminância do projeto Missões pela Vida/2017.

NO OUTONO DA VIDA
A primavera é das crianças
Dos jovens, o verão quente
O outono é nossa idade
O inverno está pra frente
Cada estação é linda
Para vivermos bem contentes
O outono desta vida
É a idade da colheita
É olhar para a história
Ver que ela foi bem feita

Como é linda a vida humana
Deixa a alma satisfeita
Mesmo que a vida se vai
Com família, Deus e amigos
A esperança nunca cai
Prontos para a quarta idade
Na casa do eterno Pai

Valorizem os idosos
Aprendam a respeitar
Porque num belo dia
A velhice vai chegar.

FOTOS: Karin Schmidt
VEJA mais na página da AMM no facebook
Por Karin Shcmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa-AMM

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

ASSEMBLÉIA DA AMM SERÁ EM PORTO XAVIER.

ASSEMBLEIA DA AMM EM PORTO XAVIER TERÁ PAUTA COMEMORATIVA
21 de Novembro de 2017
ASSEMBLEIA DA AMM EM PORTO XAVIER TERÁ PAUTA COMEMORATIVA
CTG Corredor Missioneiro

Na tarde da próxima sexta-feira (24/11), a partir das 15horas, no CTG Corredor Missioneiro em Porto Xavier, será realizada a assembleia da Associação dos Municípios das Missões (AMM), que neste mês será especialmente diferente. Para celebrar na região missioneira a aprovação dos recursos da emenda de bancada impositiva, que serão destinados à construção da ponte internacional Porto Xavier/San Javier, anunciados oficialmente no dia 17 de outubro deste ano em Brasília, a reunião será festiva.

No encontro mensal do colegiado de prefeitos da AMM será apresentado um relato das ações que vêm sendo desenvolvidas quanto a elaboração do pré-projeto da ponte. Também estarão presentes vice-prefeitos, secretários municipais, imprensa, empresários, deputados federais, estaduais, comunidade regional, entre outros representantes do Brasil e da Argentina. Os trabalhos serão conduzidos pelo presidente da AMM/Funmissões e prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antonio Sartori.

HOMENAGEM
De acordo com o prefeito anfitrião, Vimar Kaiser, que preside a Comissão Mista Binacional Pró-Ponte Porto Xavier/San Javier, após a assembleia terá o jantar por adesão no CTG, com atrações culturais e artísticas. Entre elas, o show com o músico gaúcho, Zé Araújo, que vai apresentar, com exclusividade, a música que compôs homenageando a todos que lutam, há mais de 40 anos, para tornar realidade a construção da primeira ponte jesuítico-guarani.

AUDIÊNCIA PÚBLICA
Antes da reunião comemorativa da AMM, ocorrerá no mesmo local uma audiência pública do Detur/Funmissões, objetivando a explanação e validação do Plano de Ação Regional do Turismo, além dos itens das ações de infraestrutura turística e de cooperação técnica, que serão encaminhados para análise do Programa Global de Crédito, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
Por Karin Schmidt

Fonte: Assessoria de Imprensa-AMM

terça-feira, 21 de novembro de 2017

SEDE DO HEIMATLAND SERÁ PALCO DO FESTIVAL MISSÕES PELA VIDA.

SEDE DO HEIMATLAND SERÁ PALCO DO FESTIVAL MISSÕES PELA VIDA
21 de Novembro de 2017

Com shows e apresentações culturais dos 26 municípios da AMM, evento coordenado pelas primeiras-damas da AMM acontece amanhã em Cerro Largo

Pelo lugar que vai sediar o evento dá pra ter uma ideia do que será a culminância do projeto Missões pela Vida – No Outono da Vida, edição 2017, que será realizada amanhã, a partir das 13h30min, em Cerro Largo, na sede do Grupo Folclórico Alemão Heimatland, localizado no Parque Municipal de Exposições.
Já confirmou presença a primeira-dama da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), Adriane Perin Oliveira. Também são esperadas as primeiras-damas do Estado, Maria Helena Sartori e da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Tânia Ziulkoski.

NO OUTONO DA VIDA
Representantes dos 26 municípios da região estarão exibindo apresentações culturais e artísticas, voltadas ao tema ‘No Outono da Vida’. Neste contexto, ações direcionadas às pessoas a partir dos 50 anos de idade, mas interagindo com jovens e crianças objetivando convívio, harmonia e troca de conhecimento entre diferentes faixas etárias, vêm sendo trabalhado pelas secretarias municipais de Assistência Social, de Saúde e de Educação, sob a coordenação das primeiras-damas missioneiras.

Presidente da Associação das Primeiras-Damas das Missões, Iara de Aguiar Sartori, de Entre-Ijuís, reitera o convite a todos os prefeitos, primeiras-damas e comitivas, lembrando que cada município deve trazer a bandeira com o suporte, e o poeta escolhido uma cópia da poesia.

"O Festival Missões pela Vida vai reunir representantes dos 26 municípios missioneiros, em um grande momento de integração e evidência da cultura missioneira. A proposta do projeto, que já está em sua 19ª edição, é chamar as pessoas a partir dos 50 anos de idade, em especial os homens desta faixa etária, para que se previnam, se cuidem, se valorizem e socializem sua vida diária”, explica Iara de Aguiar Sartori.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa-AMM

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

MISSÕES UMA TERRA ABENÇOADA PELA HISTÓRIA.

MISSÕES: UMA TERRA ABENÇOADA PELA HISTÓRIA
20 de Novembro de 2017
Este foi um dos destaques da abertura do Seminário Internacional de História, Educação e Turismo da região das Missões, que contou com a participação dos municípios da AMM.

Integrando a programação da 17ª Trilha dos Santos Mártires, na tarde de sexta-feira (17/11) foi realizada com absoluto êxito, a abertura oficial do 1º Seminário Internacional de História, Educação e Turismo da Região das Missões – Um Novo Olhar sobre o Pioneirismo Jesuítico-Guarani: O Caso Caaró, que encerrou no sábado (18).

O evento, que lotou a sede da Associação dos Funcionários da Cermissões (Afucer) em Caibaté, reuniu trilheiros, professores, alunos, historiadores, prefeitos, secretários municipais, vereadores, imprensa e comunidade em geral. Logo no início, crianças da Escola Municipal de Educação Infantil Moranguinho, encantaram o público com uma belíssima encenação teatral. De igual maneira, foi a apresentação do secretário de Cultura, Esporte e Turismo de Mato Queimado, Augusto Baumgratz, que tocou e cantou, com maestria, o Hino Rio-Grandense.

CORAÇÃO DAS MISSÕES
Prefeito anfitrião, Amauri Pires da Silva agradeceu a presença dos trilheiros, idealizadores, organizadores, em especial a secretária municipal de Educação, Cultura e Turismo, professora Ângela Hartmann e equipe, apoiadores, prefeitos e a todos os participantes, salientando que este será o primeiro de muitos seminários com temas que resgatam a história dos nossos antepassados. “Valorizar a história é fortalecer no presente as raízes para o futuro. A partir de hoje, com a presença de todos vocês, passa a ter um novo olhar o pioneirismo onde desponta o Caaró, orgulho de todos os missioneiros, principalmente do povo de Caibaté, a cidade Coração das Missões e referência internacional em turismo religioso”, orgulhou-se o prefeito.

APROPRIAÇÃO DO CONHECIMENTO
Para o presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Brasil Antonio Sartori, o Seminário vem ao encontro dos interesses econômicos e sociais da região. “E também dos interesses íntimos, pois é o patrimônio material se encontrando com o patrimônio imaterial. Este evento é emocionante. Estão de parabéns organizadores e idealizadores desta iniciativa, que busca a apropriação do conhecimento e destaca ainda mais o momento especial que vive a região missioneira”, elogiou Sartori, que é prefeito de Entre-Ijuís. Vale ressaltar, que Brasil Antonio Sartori foi aplaudido pelas autoridades e convidados, como uma forma de homenageá-lo por sua expressiva atuação no comando da AMM/Funmissões.

AMM NA TRILHA
Acompanhado por outros caminhantes, o vice-presidente da AMM e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto, reiterou a grandiosidade do 1º Seminário Internacional de História, Educação e Turismo da Região das Missões, ao relatar sua emoção em fazer todo o percurso da caminhada da 17ª Trilha dos Santos Mártires, que iniciou dia 12 em São Nicolau (no Passo do Padre) e findou no último domingo (19) na Romaria do Caaró. “Tomei a decisão de fazer esta Trilha para vivenciar de uma forma diferente e muito especial, a história, a cultura e a espiritualidade missioneira. Recomendo aos colegas prefeitos e a quem mais puder percorrer este mesmo caminho dos nossos antepassados”, sugeriu Peixoto, ressaltando que também o diretor do Departamento de Turismo (Detur) da Funmissões, Ricardo Klein fez parte do trecho, de São Nicolau até Assunção do Ijuí, em Roque Gonzales.
O vice-prefeito de Caibaté, Daniel Herter, os prefeitos de Mato Queimado, Orlando Thomas e de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani, também prestigiaram a solenidade de abertura, muito bem conduzida pelo coordenador de comunicação da Cermissões, Valdir Velozo.
FÉ, EMOÇÃO E INTEGRAÇÃO
Esta foi a definição do presidente da Associação da Trilha dos Santos Mártires, Edison Lisboa ao expressar a representatividade da primeira edição do Seminário. “Me sinto feliz e agradecido a todos que acreditaram neste evento. Somos em 16 trilheiros e nosso destino final é a Romaria do Caaró no domingo, mas estarmos aqui hoje, neste espaço lotado da Cermissões, significa a coroação da 17ª Trilha dos Santos Mártires das Missões”, comemorou Lisboa.

TURISMO RELIGIOSO
Sergio Venturini, um dos coordenadores do evento, explanou que desde a criação da Trilha dos Santos Mártires a proposta é de divulgar essa valorosa história, evidenciando o apoio da AMM/Funmissões. “O poder público realmente assumiu a importância da história e da cultura missioneira. Temos um produto de turismo religioso: o Santuário do Caaró – Terra abençoada dos Santos Mártires das Missões, que tem o reconhecimento internacional deste grande feito dos jesuítas e dos guaranis”, enfatizou Venturini, idealizador da Trilha.

Professor da Universidade Federal de Santa Maria, Julio Quevedo explicou que um dos principais objetivos do Seminário, realizado na terra sagrada dos Santos Mártires, foi debater aspectos de uma história construída ao longo dos séculos. “Por isso, não podemos deixar de reconhecer a importância dos professores e historiadores, a partir do novo olhar desta terra abençoada pela história”, contextualizou Quevedo.

A coordenação do 1º Seminário Internacional de História, Educação e Turismo da Região das Missões – Um Novo Olhar sobre o Pioneirismo Jesuítico-Guarani: O Caso Caaró, que ocorreu nos dias 17 e 18/11, foi da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Programa de Pós Graduação em História e Programa de Mestrado Profissional em Patrimônio Cultural. A realização e organização contou com a participação da Associação Amigos da Trilha dos Santos Mártires das Missões, Secretaria Municipal de Educação, Prefeitura Municipal e Câmara Municipal de Vereadores de Caibaté, da Cermissões e outros apoiadores.
Veja mais fotos na página da AMM  no facebook.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa-AMM

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

RUÍNAS DE SÃO MIGUEL NO CINEMA.

Ruínas de São Miguel no cinema: Cenas do filme A Cabeça de Gumercindo Saraiva foram gravadas nesta semana
16 de Novembro de 2017
Em entrevista à AMM, atores Murilo Rosa, Leonardo Machado e o cineasta Tabajara Ruas falaram sobre o reconhecimento mundial da história missioneira.

O Sítio Arqueológico São Miguel Arcanjo, região das Missões/RS/Brasil, único Patrimônio Cultural da Humanidade localizado no sul do país, tombado pela Unesco, novamente será destaque no cinema nacional. Cenas do longa-metragem 'A Cabeça de Gumercindo Saraiva' foram gravadas nas Ruínas de São Miguel, durante todo o dia de segunda-feira (13/11).

A direção e roteiro da obra, com lançamento previsto para maio ou junho de 2018, é do escritor e cineasta gaúcho, Tabajara Ruas, que tem 12 longas como roteirista, dos quais dirigiu quatro: Os Senhores da Guerra, que estreou em 2016 e recebeu dois Kikitos no Festival de Gramado; Netto e o Domador de Cavalos, Brizola Tempos de Luta e Netto Perde Sua Alma, o mais premiado filme gaúcho.

A TRAMA
A história acontece no final da revolução federalista de 1893, quando o capitão rebelde Francisco Saraiva (Leonardo Machado) e cinco cavalheiros cruzam o Rio Grande numa exasperante caçada para resgatar a cabeça do pai, Gumercindo Saraiva, cortada pelos legalistas e enviada para o governado Júlio de Castilhos, missão confiada ao major Ramiro de Oliveira (Murilo Rosa).

Marcada por perseguições e conflitos no final da Revolução Federalista, que ocorreu no século XIX no Sul do Brasil, a trama se divide entre dois grupos: os maragatos (federalistas), com representantes da família de Gumercindo, e os pica-paus ou ximangos (republicanos), centralizados na figura de Ramiro. Integram o elenco os atores Marcos Breda, Marcos Pitombo, Allan Souza Lima, Sismar Antunes, Zé Victor Castiel, entre outros.

Numa realização da Walper Ruas Produções, o longa tem a participação especial do escritor Alcy Cheuiche, estreando como ator no papel de Aparício Saraiva. Foram set de filmagens as cidades de São Francisco de Paula, Canela, Cambará do Sul, São Miguel das Missões e Gravataí.

EXPERIÊNCIA ÚNICA DA HUMANIDADE
Natural de Uruguaiana e profundo conhecedor dos municípios e da história missioneira, Tabajara Ruas evidenciou o reconhecimento mundial das Missões, por ser uma região que tem um herói popular (Sepé Tiaraju), onde aconteceu a história dos Sete Povos, esta experiência única da humanidade em que índios e religiosos conviviam em harmonia. "Os missioneiros têm o privilégio e a responsabilidade de carregar este peso histórico do passado e de mantê-lo vivo na sociedade, principalmente hoje em dia pela relevância que estão tendo os patrimônios culturais", ressaltou o cineasta.

Tabajara Ruas destacou ainda que o Sítio Arqueológico São Miguel Arcanjo, além de sua força mística e espiritual, também fomenta o desenvolvimento econômico e turístico regional. "A tradição de preservação desta catedral maravilhosa em São Miguel das Missões, cada vez mais se propaga não só pelo Rio Grande do Sul mas pelo mundo inteiro", salientou.

ROTA TURÍSTICA MUNDIAL
Pela primeira vez na região, o ator brasiliense Murilo Rosa, que no filme interpreta o major Ramiro de Oliveira, disse estar encantado com a história diferenciada e a magia que envolve as Ruínas de São Miguel. "Os missioneiros têm uma pedra preciosa nas mãos, que deve ser transformada numa das maiores rotas turísticas do mundo. Aqui tem um clima envolvente e o espetáculo Som e Luz é maravilhoso", observou o ator, agradecendo a forma acolhedora com que foi recebido pela administração municipal, equipe da Secretaria Municipal de Turismo e por toda a comunidade miguelina. Murilo acrescentou que "filmamos na última semana em São Miguel e, aqui na região das Missões, dentro das Ruínas, e sentimos uma magia especial durante as gravações".

INSPIRAÇÃO DE MURILO ROSA
Sobre o espetáculo Som e Luz, que assistiu no sábado a noite quando chegou em São Miguel, juntamente com os demais atores, produtores e integrantes da organização do longa-metragem, Murilo apresentou sugestões. "Vou lançar duas ideias: que no final do espetáculo saia um índio das Ruínas e que, pelo menos uma vez por ano, seja feito um grande espetáculo interpretado por atores. Com certeza, mais pessoas virão para este lugar maravilhoso" , disse o ator, com entusiasmo e muita cordialidade.

Sobre o assunto, o prefeito anfitrião, Hilário Casarin contou que a partir de janeiro do próximo ano começam os ensaios das encenações do espetáculo Som e Luz, que serão ao vivo uma ou duas vezes por semana, como já acontecia há algum tempo. "Este projeto é da Prefeitura de São Miguel. Quanto às ideias do Murilo Rosa, são excelentes e vamos trabalhar para que sejam viabilizadas. Agradecemos o interesse e atenção deste ator consagrado, por contribuir com seu talento e inspiração para tornar nosso patrimônio mundial ainda mais grandioso", reconheceu Casarin.

TEMPOS DE DEMOCRACIA
Leonardo Machado, ator gaúcho que no filme interpreta o filho mais velho de Gumercindo Saraiva e que já gravou nas Ruínas para o filme 'Terra sem Males', falou da alegria em retornar à região. "Estou feliz por estar novamente aqui, em um dos sítios arqueológicos mais lindos do mundo, e também porque acho muito interessante a história das Missões e tudo o que se passou neste lugar", comentou o ator, que é natural de Porto Alegre.

Leonardo explanou sobre a satisfação de participar do filme, por ser um documento romanceado e histórico. "O personagem Gumercindo Saraiva é importante para a democracia do país, principalmente neste momento em que estamos vivendo. Tudo muito polarizado, por isso acho relevante retomar a discussão", contextualizou o ator. Ele disse que depois de atuar em mais de 20 longas, sente que o filme tem algo a mais. "Além da oportunidade de interpretar o capitão Francisco Saraiva, estamos com um elenco e uma equipe muito afinada", frisou Leonardo Machado, sempre de forma atenciosa e gentil.

RESGATE HISTÓRICO
Prefeito de São Miguel das Missões, Hilário Casarin explicou que o corpo de Gumercindo Saraiva está enterrado no município de Capão do Cipó, há cerca de 40 quilômetros de São Miguel. Para ele, tem expressivo significado esse resgate histórico sobre a vida de Gumercindo, que em sua época pensava diferente do governo, e muitas pessoas ainda desconhecem sua trajetória. "Recebermos em nosso patrimônio da humanidade artistas renomados e o grande cineasta gaúcho, Tabajara Ruas na coordenação dos trabalhos, é uma grande motivação para todos nós missioneiros. Com certeza o filme será um sucesso", salientou Casarin, reiterando que a região das Missões vive um momento especial de fomento ao destino turístico Missões. "Tenho a convicção de que a partir de agora o grande caminho para o desenvolvimento missioneiro é o turismo. Por isso a região precisa seguir unida e trabalhando no fortalecimento das potencialidades turísticas de todos os municípios", enfatizou Casarin.

VIABILIZAÇÃO DAS FILMAGENS
De acordo com o secretário de Turismo, Desenvolvimento e Cultura de São Miguel, Fabiano Morais, as tratativas para viabilizar as locações nas Ruínas inciaram em maio deste ano. "Desde o primeiro contato que o diretor Tabajara Ruas e a produtora Lígia Walper fizeram conosco, nos mobilizamos (Administração Municipal, equipe da Secretaria Municipal de Turismo e IPHAN regional) para que este grande dia chegasse e tudo corresse bem", relatou Fabiano ao destacar que, não somente São Miguel, mas toda a região missioneira estará em evidência neste momento em que tanto se atua pelo turismo, pois o filme será exibido no Brasil e também no exterior.

ORGULHO MISSIONEIRO
Na segunda a noite toda a equipe das filmagens, integrada por aproximadamente 70 pessoas, foi agraciada com um jantar típico no CTN Sinos de São Miguel, e com a belíssima apresentação do grupo infanto juvenil. De acordo com Brasil Antonio Sartori, presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), congregada por 26 cidades, o fato do sítio arqueológico São Miguel Arcanjo ser um dos cenários do longa-metragem 'A Cabeça de Gumercindo Saraiva', vai elevar ainda mais o valor da história, da cultura, da religiosidade, do misticismo e da hospitalidade missioneira. E, segundo ele, se possível, a região estará representada no lançamento do filme, que vai reforçar o nosso ORGULHO DE SER MISSIONEIRO.

Mais informações:
https://www.facebook.com/acabecadegumercindosaraiva/
@acabecadegumercindosaraiva
http://www.acabecadegumercindosaraiva.com.br/

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa-AMM

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

1º.SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA, CULTURA E TURISMO DA REGIÃO DAS MISSÕES.

Caibaté vai sediar o 1º Seminário Internacional de História, Cultura e Turismo da Região das Missões

15 de Novembro de 2017
AMM estará presente no evento, que contece nesta semana, dias 17 e 18 e contará painelistas de Buenos Aires/AR e de diferentes estados do Brasil

Novo Olhar sobre o Pioneirismo Jesuítico-Guarani: o Caso Caaró. Esta será a temática que vai nortear o 1º Seminário Internacional de História, Cultura e Turismo da Região das Missões, dias 17 e 18 de novembro de 2017, no município de Caibaté. O evento, que integra a programação da 17ª Trilha dos Santos Mártires, será realizado na sede da Associação dos Funcionários da Cermissões (Afucer), com credenciamento no dia 17, a partir das 11 horas da manhã e solenidade de abertura às 13h30min.

A coordenação dos trabalhos é da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Programa de Pós Graduação em História e Programa de Mestrado Profissional em Patrimônio Cultural. A realização e organização conta com a participação da Associação Amigos da Trilha dos Santos Mártires das Missões, Secretaria Municipal de Educação, Prefeitura Municipal e Câmara Municipal de Vereadores de Caibaté, da Cermissões e outros apoiadores.

"Só vamos valorizar a nossa história quando a conhecermos. Este seminário será de grande importância para a região das Missões, pois estarão participando mais de 20 historiadores, pesquisadores e professores da UFSM, da Argentina, de São Paulo e de Santa Catarina", evidenciou o prefeito anfitrião, Amauri Piresao acrescentar: "esperamos os prefeitos e comitivas de seus municípios, imprensa e comunidade missioneira em nosso evento, que promete superar expectativas".

PÚBLICO-ALVO
Conforme explicou o presidente da Trilha dos Santos Mártires, Edison Lisboa, o "evento é direcionado a professores e educadores estaduais, municipais e particulares, alunos, acadêmicos, ou seja, a toda população interessada na rica história e na espiritualidade evidenciada nessa terra regada pelo sangue de nossos ancestrais". Secretária municipal de Educação, Cultura e Turismo (SMECT) de Caibaté, a professora Angela Hartmann reforçou a importância da presença de professores e alunos dos 26 municípios da AMM.

PAINÉIS
A programação inlcuiu o lançamento do livro "Novo Olhar sobre o Pioneirismo Jesuítico-Guarani: o Caso Caaró". Pesquisadores, professores e historiadores de diferentes regiões do Brasil e Argentina estarão ministrando os painéis que terão entre os assuntos: na trilha dos Santos Mártires: recuperação, preservação e turismo na região das Missões; Caaró/Missões: ontem, hoje e amanhã; as origens de Caibaté: fronteiras, políticas e sociedade; a defesa do modo de ser Guarani e os episódios do Caaró e do Pirapó; Três Mártires e a espacialidade da memória missioneira; La Historia de los Triumphos de Nuestra Santa Fee y el concepto de Mision Jesuitica en el siglo XVII; Del Relato Hagiografico a la “Historia Documentada”: Relatos jesuíticos acerca de Roque González de Santa Cruz. Inscrições, programação e demais informações sobre o evento podem ser obtidas  no site site http://www.trilhadossantosmartires.com.br ou no telefone  telefone (55) 3355-3000.

PROGRAMAÇÃO
17/11/2017 - Sexta-feira
MANHÃ:
11hs até às 15hs – CREDENCIAMENTO

TARDE:
14h 30min – 17h 30min.
Painel 1: “Na trilha dos Santos Mártires: recuperação, preservação e turismo na região das Missões”
Coordenação: Profª Drª Sonia Bressan Vieira (URI – São Luiz Gonzaga)
Sérgio Venturini (SME de Ivorá-RS)
“Trilha dos Santos Mártires: origem, objetivos e legislação”
Eugênio João Hartmann (Diocese de Santo Ângelo-RS)
“A Trilha dos Santos Mártires das Missões”
Édson Lisboa (AATRISAM)
“A tradição e a consciência ecológica nas Cavalgadas da Trilha”
Celso Schneider (Colégio Anchieta)
“Caaró/Missões: ontem, hoje e amanhã”
Carlos José Griebeler (Paróquia de Santo Cristo)
“A Pastoral de Dom Estanislau Kreutz pelo Santuário do Caaró”
Elisabete Antonello Maffini – (Três Mártires/RS)
“O distrito de Três Mártires”

NOITE:
18H 30min – 22h
Painel 02: As origens de Caibaté: fronteiras, políticas e sociedade
Coordenação – Profª Angela Hartmann (SMECT de Caibaté)
Ezeula Lima de Quadros –(URI Santo Ângelo)
“A defesa do Modo de Ser Guarani e os episódios do Caaró e do Pirapó”
Charlei Knebel Willes – (Câmara de Vereadores de Caibaté)
“Rondinha, Santa Lúcia, Caibaté”
Mauro Marx Wesz – (PPG História/UFSM)
“As origens da Vila Santa Lúcia”
Angela Patrícia Amaral Werner e Viviane Siqueira Alves (UFSM)
“Caibaté e a Romaria do Caaró”
18 de novembro de 2017 - sábado

MANHÃ
8h 30min – 12h.
Painel 03: A construção da Memória e do Patrimônio do Caaró
Coordenação – Nadir Damiani (URI-Santo Ângelo)
Diosen Marin – (PPG História e Educação da UFSM)
“A consolidação da Romaria do Caaró na mídia impressa: 1937-1945”
Sandi Mumbach – (PPG História da UFSM)
“Roque, Afonso e João: entre a História e a Memória Familiar”
Artur Barcelos (FURG); Júlio Quevedo (UFSM); Saulo Felin (PPG Patrimônio Cultural, UFSM)
“Três Mártires e a espacialidade da memória missioneira”

TARDE
13h 30min. – 15h 30min.
Painel 04: “Lugares de memória jesuítica”
Coordenação – Amilcar Guidolim (PPG História/UFSM)
Renato Cymbalista – Universidade de São Paulo (USP)
“Sítios de Martírio Jesuíticos: descoberta e memorização”
Alfredo Nava Sánchez – (Colegio del México e Pós Doutorando no PPG História da UFSM)
“La Historia de los Triumphos de Nuestra Santa Fee y el concepto de Mision Jesuitica en el siglo XVII”
Conferencias de Encerramento
15h 30min. – 17h 30min
Coordenação – Maria Cristina Böhn Martins (UNISINOS)
Maria Elena Imolesi – Universidad de Buenos Aires (UBA)
“Del Relato Hagiografico a la “Historia Documentada”: Relatos jesuíticos acerca de Roque González de Santa Cruz, 1928.
Paulo Rogério Melo de Oliveira – Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)
“As narrativas históricas e hagiográficas sobre o Pe. Roque González de Santa Cruz”
Lançamento do livro:
“NOVO OLHAR SOBRE O PIONEIRISMO JESUÍTICO-GUARANI: O CASO CAARÓ”

LOCAL DO EVENTO
Associação dos Funcionários da Cooperativa de Distribuição e Geração de Energia das Missões (AFUCERMISSÕES): RS 536, KM1 (saída para o Santuário do Caaró). Caibaté-RS. Tel. (55) 3355-3000, CEP 97930-000.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa-AMM

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

FECHADO ACORDO PARA HORÁRIO DE NATAL.

FECHADO ACORDO PARA
O HORÁRIO DE NATAL
A Aci Cerro Largo informa que o Sindilojas Missões (Sindicato Empresarial do Comércio Varejista) e o Sindicato dos Empregados no Comércio Varejista fecharam acordo nessa quarta-feira, 8 de novembro, para o Horário Especial de Natal 2017.
De acordo com o presidente do Sindilojas Missões, Gilberto Aiolfi, este ano o horário passará a valer a partir do dia 11 de dezembro de 2017. A medida visa incrementar as vendas do comércio para o Natal.

NOVIDADE
A grande novidade para este ano, e considerado um avanço segundo Aiolfi, é a possibilidade de abertura do comércio no domingo que antecede o Natal.

COMO FICOU
Como funcionará o comércio:
Nos dias 11 a 15 /12: das 9h às 21h;
Dia 16/12 - Sábado: das 9h às 17h;
De 18 a 23/12: das 9h às 22h;
Dia 24 - Domingo: das 10h às 16h; e

Dia 30/12: das 8h às 14h.

matéria de Luis H.Franqui-facebook

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

EMENDA PARLAMENTAR PARA CERRO LARGO.



Acuso o recebimento de ofício do amigo Deputado Afonso Motta, no qual informa a
 destinação do valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais) para aplicação em nosso município. 
Agradeço as equipes dos Deputados Afonso Motta e Eduardo Loureiro II nessa conquista. Afonso é das antigas, um homem de palavra.
O valor poderá ser aplicado na reforma da quadra de esportes da Vila Fraternidade ou na construção da pista de atletismo.
A luta continua !
Vereador Junior Frantz

terça-feira, 7 de novembro de 2017

TURISMO RURAL MISSIONEIRO.

Turismo Rural Missioneiro foi destaque em reunião do Detur
07 de Novembro de 2017
Com o objetivo de expandir o turismo na área rural, a equipe do Departamento de Turismo (Detur) da Funmissões, com o apoio da Associação dos Municípios das Missões (AMM), promoveu uma capacitação com técnicas da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do RS (Sedactel). O treinamento, que foi realizado na manhã de terça-feira (7/11), na sede da AMM/Funmissões, em Cerro Largo, reuniu prefeitos, gestores de turismo, secretários municipais, técnicos da Emater, imprensa, operadores de turismo, entre outros participantes que atuam no setor turístico missioneiro.

Diretor do Detur/Fumissões e prefeito de São Nicolau, Ricardo Klein ressaltou a relevância do evento. "A região das Missões, além dos 7 Povos, tem o Santuário do Caaró, o Assunção do Ijuí e muitos outros atrativos turísticos com vasto potencial a ser explorado nos 26 municípios missioneiros, inclusive na área rural", evidenciou Kein, agradecendo a presença dos colegas prefeitos e demais participantes, que sempre prestigiam os eventos regionais. 

EMPREENDEDORISMO RURAL
O treinamento foi conduzido pela coordenadora do Grupo de Trabalho do Turismo Rural do Rio Grande do Sul, Rosana Simões, e pela turismóloga Márcia Merlo. Conforme explanação das duas profissionais da Sedactel, a proposta visa atuar no desenvolvimento do segmento de forma a estruturar, fomentar, capacitar, promover propriedades e empreendedores turísticos rurais, gerando trabalho e renda.
Prefeito anfitrião, Valter Spies, em nome da comunidade local e regional agradeceu a presença de todos, reiterando a importância da iniciativa do Detur em realizar a capacitação para fortalecer o turismo rural. Ele salientou que outro fator que enaltece as Missões é a diversidade de etnias, predominantes há muito anos na região.
UNIÃO MISSIONEIRA
Já o vice-presidente da AMM e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto, evidenciou a presença do governo do Estado na sede da Associação e que a região tem muito a oferecer no setor de turismo. Peixoto fez questão de enfatizar que "com certeza, os expressivos avanços que vêm sendo alcançados pela região, como a recente conquista histórica da emenda impositiva para a ponte internacional Porto Xaver/San Javier, se deve a união e a determinação das liderenças e do povo missioneiro".
De igual maneira, avaliou o prefeito de Caibaté Amauri Pires. "Nunca houve um movimento tão grande de soma de esforços do setor público e privado para viabilizar ações direcionadas ao turismo e outro setores", constatou Pires.

AMM e EMATER
Nesta primeira etapa da capacitação foi entregue um questionário, contextualizando sua importância e esclarecendo dúvidas, que será encaminhado aos responsáveis das propriedades que atuam com turismo rural na região das Missões. Neste sentido, os gestores de turismo, conjuntamente com os técnicos da Emater local, estarão auxiliando no preenchimento e cadastramento junto ao Gupo de Trabalho da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do RS.
Secretário Executivo do Detur, Marcos Mattos fez um breve relato das últimas ações e resultados obtidos em benefício do crescimento do turismo nos 26 municípios da AMM. Quanto à capacitação, Mattos complementou que uma das finalidades é possibilitar alternativas de emprego e renda, evitando o êxodo rural.

PRÓXIMAS ETAPAS
Na capacitação foi entregue um questionário, contextualizando sua importância e esclarecendo dúvidas, que será encaminhado aos responsáveis das propriedades que atuam com turismo rural na região das Missões. Neste sentido, os gestores de turismo, conjuntamente com os técnicos da Emater local, estarão auxiliando no preenchimento e cadastramento junto à Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do RS. Promoção das propriedades cadastradas, por meio da elaboração de materiais como vídeos, site específico e divulgação em sites parceiros do Grupo de Trabalho, participação em feiras e eventos, estão entre as próximas etapas.

EVENTOS REGIONAIS
Eventos regionais, estaduais, nacionais e internacionais que acontecem neste mês também foram destaques na reunião do Detur. Entre eles, a 32ª Feira do Livro em São Borja (8 a 11/11); Novemberfest em Mato Queimado (10 a 12/11); 3ª Festa do Imigrante em Salvador das Missões (10 a 12/11); I Seminário Internacional de História, Cultura e Turismo da Região das Missões, em Caibaté (17 e 18/11); culminância do projeto Missões pela Vida/2017 - No Outono da Vida - em Cerro Largo (22/11); representação da AMM/Funmissões no Festuris em Gramado e no "Reencuentro de la Cultura Misionera Guaraní", em Mártires, na Argentina. Outros temas relacionados às demandas do Detur foram abordados, como os projetos do BID e de sinalização turística da região.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa-AMM

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

ENCONTRO SUL-AMERICANO DE FOLCLORE.

AMM prestigiou o Encontro Sul-Americano de Folclore
30 de Outubro de 2017
Em Bossoroca, o evento cultural reuniu representantes do Brasil, Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai

Uma festa de integração e sem nenhuma competição, que vai além de espetáculo de danças, onde os participantes fazem suas apresentações exaltando as tradições folclóricas de seus países. Com esse espírito de confraternização, foi realizado com total êxito a 5ª edição do Encontro Sul-Americano de Folclore, nos dias 27 a 29 de outubro, no CTG Sinuelo das Missões em Bossoroca, a Buena Terra Missioneira.
Do Brasil participaram grupos de Bossoroca, São Luiz Gonzaga, São Borja, Itaqui e Santana do Livramento. "Foi motivo de imensa satisfação nosso município sediar este Encontro pela quinta vez. Vieram em expressivo número as delegações do Brasil, Argentina, Chile, Paraguai e Uuguai, que entusiasmaram o público com diversificadas apresentações", comemorou o prefeito anfitrião, José Moacir Fabrício Dutra, ao evidenciar a alegria em receber os participantes, visitantes, a comunidade bossoroquense, os colegas prefeitos e comitivas das cidades que congregam a Associação dos Municípios das Missões (AMM).
Presidente da AMM/Funmissões, Brasil Antonio Sartori esteve presente na abertura oficial do 5º do Encontro Sul-Americano de Folclore, no sábado (28/10), assim como outros prefeitos, primeiras-damas, vice-prefeitos e secretários municipais. "Nossas felicitações, em nome dos gestores missioneiros, ao prefeito Juca e a todos os organizadores deste grande evento, que fortalece o valor cultural de um povo", parabenizou Sartori, que é prefeito de Entre-Ijuís.

POR AMOR A ARTE
Sob a coordenação da Associação Cultural de Bossoroca (ACB), com apoio do poder público e da comunidade local, o encontro tem entre os objetivos promover a difusão dos valores culturais inseridos no folclore. De acordo com o presidente da ACB, Jairo Velloso, esta foi a maior de todas as edições do evento. "Avaliação positiva em todos os sentidos, pois o público atendeu ao nosso chamamento e, com certeza, se encantou com as apresentações culturais ", destacou Velloso.

Ele acrescentou que os grupos de profissionais da Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai, quando não conseguem recursos do governo ou de patrocinadores para custear as despesas de seus espetáculos, simplesmente trabalham por amor a arte. "E Bossoroca conta com muitos apoiadores quanto a hospedagem das delegações estrangeiras em casas residenciais, espaços públicos e de entidades", explicou Velloso.

Fotos: Jéssica Dutra Leal/Assessora de Imprensa/Prefeitura Municipal de Bossoroca.
Por Karin Schmidt
Fonte: Assessora de Imprensa-AMM

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

GOVERNO DO RS DECLARA APOIO A PONTE INTERNACIONAL.

Ponte Porto Xavier/San Javier tem apoio garantido do Governo do Estado

20 de Outubro de 2017
Em audiência realizada na tarde de quinta-feira (19/10), no Palácio Piratini com o governador do RS, José Ivo Sartori, a região das Missões obteve o apoio oficial do Estado para a construção da ponte internacional Porto Xavier (Brasil) e San Javier (Argentina).

Sartori recebeu a comitiva da Associação dos Municípios das Missões (AMM) que chegou direto de Brasília, após a conquista histórica da emenda de bancada no valor de R$ 81 milhões para execução da obra, anunciada pelo líder da bancada gaúcha, Giovani Cherini, na noite da última quarta-feira (18). "Vocês fizeram uma boa conquista. A perspectiva é positiva e de nossa parte vamos ajudar no que pudermos", afirmou o governador. Sartori acrescentou que o Estado não tem como elaborar o projeto, "mas está à disposição para ajudar dentro da estrutura e conhecimento técnico que dispõe, tanto na área de planejamento quanto ambiental".

Presidente da AMM/Funmissões e prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antonio Sartori reiterou que "somos muito gratos ao governador do RS, sempre atento e solícito às demandas missioneiras. Seguiremos atuando unidos e mobilizados, pois esta é a missão da AMM e, como diz o ditado popular, sucesso vem antes do trabalho só no dicionário", ressaltou o dirigente da Associação dos Municípios das Missões e Fundação dos Municípios das Missões.

Conforme explicou o presidente da Comissão Binancional Pró-Ponte Porto Xavier/San Javier, Vilmar Kaiser, que é prefeito de Porto Xavier, a comitiva da região das Missões contextualizou ao governador sobre o imprescindível apoio do Estado para a continuidade do projeto. A construção da ponte internacional sobre o Rio Uruguai mobiliza as regiões Missões e Noroeste em virtude do potencial para alavancar o turismo e a economia, além de ampliar o transporte de cargas e passageiros no Mercosul.
Integraram a comitiva missioneira o vice-presidente da AMM e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto; o presidente da Comissão Binacional Pró Ponte Porto Xavier/San Javier, Vilmar Kaiser; o diretor do Detur e prefeito de São Nicolau, Ricardo Klein; os prefeitos de Roque Gonzales, João Haas; Salvador das Missões, Daniel Gorski; de São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani; o vice-prefeito de Ubiretama, Orlando Rozek a vice-prefeita de Santo Antônio das Missões, Izalda Boccacio, de Entre-Ijuís, Mauro Lizot, de Bossoroca, João Alberto Nascimento, o secretário Excetivo do Detur, Marcos Mattos, o secretário da Indústria, Comércio e Turismo de Cerro Largo, Fabiano Alex Haas. Também participaram da reunião o o secretário estadual adjunto de Transportes, Vanderlan Frank; o deputado estadual Edson Brum; o representante da Famurs, Mário Nascimento, entre outras lideranças.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de imprensa AMM e Gov RS

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

PONTER INTERNACIONAL PORTO XAVIER/SAN JAVIER.

UNIÃO HISTÓRICA MARCA CONQUISTA DA PONTE INTERNACIONAL PORTO XAVIER/SAN JAVIER

18 de Outubro de 2017
Diante da aprovação dos recursos, AMM segue trabalhando na elaboração e execução do projeto. Um grande ato comemorativo será celebrado na assembleia da AMM dia 24 de novembro.

17 de outubro de 2017. Uma data que entra para a história da Missões e toda a região Noroeste do Rio Grande do Sul. Depois de quase meio século de luta e de muita, muita articulação, persistência, união, fé e confiança do povo missioneiro do Brasil e da Argentina, chegou o momento de comemorar: a ponte internacional Porto Xavier/San Javier agora não é mais sonho, e sim, uma realidade, mas que ainda parece um sonho...

O anúncio oficial da aprovação da emenda de bancada impositiva no valor de 81 milhões de reais para a ponte Porto Xavier/San Javier, foi transmitido na noite de terça-feira pelo líder da bancada gaúcha, deputado Giovani Cherini, no Plenário 9 da Câmara dos Deputados. A outra emenda contemplada, em primeiro lugar, foi a BR 116. A partir de agora, mediante aprovação dos recursos, a AMM segue firme atuando nos trabalhos de elaboração e execução do projeto.

PEREGRINAÇÃO VITORIOSA
Na semana passada cerca de 45 lideranças missioneiras, incluindo o presidente da AMM, Brasil Sartori e o deputado estadual, Eduardo loureiro, e o presidente da Associação do legislativo das Missões (ALM), Bio Milczareck, estiveram no Congresso Nacional percorrendo, incansavelmente, os gabinetes dos parlamentares e senadores gaúchos, em busca de apoio para a emenda de bancada da ponte Porto Xavier/San Javier. Na manhã de segunda-feira (16), uma comitiva integrada por 12 pessoas, entre prefeitos, vice-prefeitos, imprensa e secretários municipais, novamente estiveram com os deputados e assessores reforçando o pleito. Os missioneiros seguiram articulando até o momento em que iniciou a votação. E deu certo!

TORCIDA MISSIONEIRA
Presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antonio Sartori, que assim como outros gestores não pode estar presente em razão de compromissos anteriormente agendados, disse que mesmo à distância a torcida foi intensa.

"É difícil traduzir com palavras o sentimento que tomou conta do coração dos missioneiros. Estou emocionado e muito feliz por esta árdua conquista, que se deve a mobilização da região missioneira e grande Noroeste, em especial da AMM, por meio dos prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais, imprensa, empresários, e comunidade", comemorou Sartori. Ele fez questão de destacar "o agradecimento especial a toda a bancada federal gaúcha, que independente de sigla partidária abraçou a luta pela ponte Porto Xavier/San Javier". Sartori expressou gratidão também ao presidente da AMUPLAM, Edison Arnt, que desde abril deste ano declarou apoio  formal, em nome dos municípios da grande Ijuí nesta luta da ponte, assim como alguns prefeitos da Grande Santa Rosa.

MOBILIZAÇÃO CONTAGIANTE
Para o prefeito de Porto Xavier, Vilmar Kaier, a forte mobilização da região missioneira pressionou, sensibilizou e contagiou a bancada gaúcha. "Os parlamentares do RS, o presidente Sartori, os colegas prefeitos, os vereadores, os secretários municipais, os empresários e todos que se envolveram neste intenso trabalho de articulação política, foram fundamentais nessa conquista que não é só de Porto Xavier, mas de toda a região missioneira", ressaltou Kaiser, que e presidente da Comissão Binacional Pró Ponte Porto Xavier/San Javier.

Com a mesma emoção, o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Mercosul de Porto Xavier, Ovídio Kaiser, afirmou que o êxito desta conquista se deve a força e a mobilização histórica, que moveu todas as lideranças missioneiras e da região noroeste.

Uma obra que fará a diferença, pois vai alavancar a economia das Missões e de toda a região Noroeste. "Esta foi uma luta de todos, especialmente da AMM, dos prefeitos e lideranças que percorreram os gabinetes na semana passada e também nesta semana. Além de irmos pessoalmente falar com os parlamantares, buscamos apoio da bancada gaúcha por e-mail, whats e por telefone. Valeu a pena nossa mobilização aqui em Brasília", explicou o vice-presidente da Associação dos Municípios das Missões e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto.

NOVO PATAMAR
Diretor do Departamento de Turismo da Funmissões, Ricardo Klein evidenciou a importância da ponte para impulsionar o turismo missioneiro. "Nossa equipe trabalhou muito. Nossos agradecimentos a todos da bancada que votaram em nosso projeto, independente de partidos", salientou Klein, que é prefeito de São Nicolau, ao lembrar que outras lutas como os acessos asfálticos de Garruchos e Pirapó (que ainda não saiu do papel), Ubiretama e Rolador (obras praticamente paradas) continuarão entre as prioridades da AMM/Funmissões.

Secretário Executivo do Detur/Funmissões, Marcos Mattos, que não só acompanhou as comitivas em Brasília, mas também atuou diretamente nas articulações junto à bancada gaúcha, salientou que a cada ano a região ds Missões perde empregos, renda, PIB e população economicamente ativa, especialmente jovens que saem do curso superior. "Com a construção da ponte internacional,com certeza esta situação vai mudar. Me sinto feliz por ter dado a minha contribuição, juntamente com toda a acomitiva da AMM. Mattos ressaltou que depois da pavimentação das BRs 285 e 392, a construção da ponte internacional é o maior investimento público federal da região.

CONFIANÇA NA BANCADA GAÚCHA
Em todo este processo de mobilização da região quanto às tratativas da emenda de bancada da ponte internacional Porto Xavier/San Javier, é preciso muita parcimônia ao citar nomes para que não se cometam injustiças, pois muitos foram os envolvidos para que este sonho se tornasse realidade. No caso da bancada federal gaúcha, os proponentes da emenda da ponte internacional Porto Xavier/San Javier foram os deputados Darcísio Perondi e Cajar Nardes, porém, todos os parlamentares e senadores gaúchos abraçaram esta luta, que tem quase meio século, e ficaram felizes com esta conquista.

"Em nome da Associação dos Municípios das Missões (AMM) reiteramos, com muita emoção que AS MISSÕES CONFIAM E AGRADECEM A BANCADA GAÚCHA", destacou o dirigente da AMM, Brasil Antonio Sartori, acrescentando a valorosa contribuição também do deputado estadual missioneiro, Eduardo Loureiro, que sempre esteve ao lado da AMM nas articulações políticas, defendendo publicamente seu apoio à ponte Porto Xavier/San Javier.

ATO COMEMORATIVO
No próximo dia 24 de novembro, às 9 horas da manhã durante assembleia da Associação dos Municípios das o Missões, na sede da entidade, em Cerro Largo, será realizado um grande ato comemorativo com a presença de representantes da bancada gaúcha, prefeitos, vereadores, empresários, imprensa e outros convidados.

Mais fotos na página da AMM  no facebbok
Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa AMM

terça-feira, 17 de outubro de 2017

MESTRADO DA UFFS INSCRIÇÕES COMEÇAM AMANHÃ.

Mestrado em Desenvolvimento e Políticas Públicas: inscrições iniciam no próximo dia 18

São orfertadas 15 vagas, divididas em duas linhas de pesquisa

Assessoria de Comunicação do Campus Cerro Largo 
Publicado em: 14 de setembro de 2017 08h09min / Atualizado em: 14 de setembro de 2017 09h09min

Foi publicado o edital do processo seletivo para o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Políticas Públicas (PPGDPP) oferecido na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Cerro Largo. Podem se inscrever no processo candidatos que concluíram curso de Graduação reconhecido pelo MEC ou que terão concluído o curso até o ato da matrícula.
São ofertadas 15 vagas, sendo duas reservadas para candidatos autodeclarados indígenas e uma para candidatos com deficiência. As vagas são distribuídas em duas linhas de pesquisa: “Estado, sociedade e políticas de desenvolvimento” (8 vagas) e “Dinâmicas sociopolíticas e experiências de desenvolvimento” (7 vagas).
As inscrições devem ser realizadas a partir do dia 18 de setembro até 20 de outubro de 2017, das 8h às 11h30 ou das 13h às 16h30, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, na Secretaria do Programa do Mestrado, na Unidade Seminário (sala 1-2-16), na rua Major Antônio Cardoso, 590, Centro. Podem ser feitas pessoalmente ou por meio de procuração devidamente reconhecida em cartório.
O processo seletivo constará de duas etapas: a primeira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de prova escrita de conhecimento específico; e a segunda etapa, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de avaliação do currículo, pré-projeto e arguição. Todas as etapas serão realizadas no Campus Cerro Largo.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

BRASIL E ARGENTINA UNIDOS NO CAMINHO DAS MISSÕES JESUÍTICO-GUARANI.

Agora é oficial: Brasil e Argentina unidos no Caminho das Missões Jesuítico-Guarani
16 de Outubro de 2017

Em San Ignacio/Misiones, AMM recebeu documento formal que consolida a Internacionalização do Caminho das Missões

Momentos históricos e de muita emoção foram celebrados em San Ignácio Miní/Misiones/Argentina, nos dias 12 e 13 de outubro de 2017: o lançamento oficial da Internacionalização do Caminho das Missões Jesuítico-Guarani, integrando os povos missioneiros do Brasil e da Argentina, que contou com a presença de peregrinos e autoridades dos dois países. Em 2018 também o Paraguai fará parte do roteiro. "Um largo caminho, moldado com muito trabalho e dedicação, que conecta com o coração daqueles que querem desfrutar cada passo desta viagem", comemorou com gratidão, a empresária da operadora de Turismo Caminho das Missões, Marta Benatti, uma das idealizadoras da iniciativa.

No dia 12, os peregrinos saíram de Corpus Corpus Christi, situado às margens do rio Paraná, divisa com o Paraguai. Após percorrerem 22 quilômetros, chegaram em San Ignácio no início da noite, acompanhados por Romaldo Melher e Marta Benatti, quando foram recepcionados de forma muito calorosa, com aplausos e show do coral guarani da aldeia Tava Miri Mbae Pu, que entoou lindas e suaves canções. Na sequência, convidados e peregrinos assistiram o emocionante espetáculo de imagem, luz e som, dentro de uma dos patrimônios mundiais da humanidade: o Sítio de San Ignácio Mini.

POVOS MISSIONEIROS
E na manhã do dia 13 foi realizado o ato solene de entregue ao presidente da AMM, Brasil Sartori, pelo intendente anfitrião, Esteban Romero, o documento assinado pelo Consejo Deliberante del Município de San Ignacio declarando oficialmente a “integración de Argentina em la Ruta de las Misiones Jesuítico Guarani, entre los pueblos misioneros Brasil y argentina”. “É uma honra receber em nome da região das Missões/Rio Grande do Sul/Brasil, este documento que concretiza mais um avanço histórico para o turismo missioneiro”, salientou o presidente da Associação dos Municípios das Missões.

PRODUTO MUNDIAL
Sartori agradeceu ao intendente e a toda comunidade de San Ignacio pela receptividade à delegação brasileira, destacando a relevância da união dos setores público e privado na consolidação da internacionalização do Caminho das Missões. “Nosso reconhecimento especial também aos peregrinos, pois o turismo só acontece por causa de vocês. Toda a região missioneira está de parabéns”, reconheceu Sartori ao enfatizar: “temos um produto aqui na América do Sul que ninguém tem no mundo, que são as Missões Jesuítico-Guarani”, evidenciou Sartori, que é prefeito de Entre-Ijuís.

O dirigente da AMM também fez questão de reiterar sobre a incansável luta da região pela construção da ponte internacional Porto Xavier/San Javier, que vai impulsionar o turismo e a economia. O intendente anfitrião, Esteban Romero, evidenciou a importância desta união entre os dois países e também para a comunidade de San Ignacio, que há muito tempo sonha com esta integração, e garantiu: “estarei presente em Santo Ângelo, no dia 29 deste mês, no encerramento deste roteiro internacional”.

Diretor do Departamento de Turismo (Detur) e prefeito de São Nicolau, Ricardo Klein expressou a satisfação deste momento de união dos 30 Povos do Brasil, Argentina e em breve do Paraguai. “Esta data será para sempre lembrada pelas gerações futuras, por sua grandiosidade para a história missioneira brasileira e argentina”, ressaltou Klein.

A delegação do Brasil, integrada pelo presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM) e prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antônio Sartori; presidente da Associação das Primeiras-Damas das Missões, Iara Sartorii; diretor do Departamento de Turismo e prefeito de São Nicolau, Ricardo Klein; secretário de Turismo de São Miguel das Missões; vice-prefeito de Santo Ângelo, Bruno Hesse; vereador João Neri, de São Nicolau, entre outros missioneiros, foi recebida com a costumeira acolhida dos hermanos argentinos.

ROTEIRO INTERNACIONAL
Serão 18 dias de caminhada percorrendo 410 quilômetros e passando por 4 patrimônios culturais mundiais. Argentina: Corpus; San Ignácio Mini; Loreto; Santa Ana; Cerro Azul; Santa Maria la Mayor; Itacaruaré, e San Javier. Brasil: Porto Xavier; Assunção do Ijuí (Roque Gonzales) e Pirapó. São Nicolau; São Luiz Gonzaga/São Lourenço; Caibaté/Caaró; São Miguel das Missões, São João Batista/Entre-Ijuís e Santo Ângelo se unirão ao roteiro já existente no Brasil.

O evento de encerramento ocorrerá no dia 29 de outubro em frente à Catedral Angelopolitana/Santo Ângelo, com programação prevista a partir das 17 horas, incluindo shows e apresentações culturais, missa do encontro com o Anjo da Guarda, entre outras atrações para enaltecer a chegada dos peregrinos. "Em nome de Santo Ângelo e do povo missioneiro, estaremos esperando com muita alegria a chegada dos caminhantes e convidados em nossa capital das Missões”, avisou o vice-prefeito de Santo Ângelo, Bruno Hesse.

Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa AMM

domingo, 15 de outubro de 2017

PESQUISA APONTA PANORAMA EXTENÇAO UNVIERSITÁRIA DA UFFS.

Pesquisa aponta para o panorama da Extensão Universitária da UFFS – Campus Cerro Largo

A pesquisa revelou que as ações de Extensão estudadas envolveram um público estimado de 8700 pessoas.

Assessoria de Comunicação do Campus Cerro Largo 
Publicado em: 21 de setembro de 2017 16h09min / Atualizado em: 21 de setembro de 2017 17h09min



A Extensão Universitária como estratégia para o desenvolvimento regional foi o tema de uma pesquisa realizada no Campus Cerro Largo, pela mestranda do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Políticas Públicas (PPGDPP), Mariângela Brum Frota, orientada pela professora Enise Barth Teixeira. O estudo resgatou as ações extensionistas do Campus entre 2010 e 2016, e apontou que, neste período, cerca de 203 atividades entre programas, projetos e eventos foram realizados, dos quais 15 são de editais externos, 88 de editais Internos e 100 de Demanda Espontânea.
Para o estudo, foram selecionados dois programas e dois projetos de Extensão, com o objetivo de analisar duas realidades diferentes: um programa se diferencia de um projeto, entre outros fatores, pela amplitude das ações, os recursos financeiros e o público envolvido. Participaram da pesquisa os coordenadores dos programas e projetos, os gestores da UFFS – Campus Cerro Largo e da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC), e participantes das ações de Extensão. Dentre as ações pesquisadas, estão dois programas realizados pelo Campus: o “Programa Institucional de Formação Continuada dos Trabalhadores em Educação da Região Macromissioneira – Noroeste do Estado do RS”, e “Processos e ações de Extensão da ITCEES: desafios e impactos para o desenvolvimento territorial sustentável e solidário das regiões Noroeste e Missões do Rio Grande do Sul”.
A pesquisa revelou que as ações de Extensão estudadas envolveram um público estimado de 8700 pessoas, e que a Extensão do Campus Cerro Largo está consolidada em três áreas: Formação de Professores; Agricultura, Agroecologia e Desenvolvimento Regional; e Cooperativismo e Economia Solidária. Os participantes dos programas/projetos manifestaram que essas ações podem proporcionar mudanças nos cenários e nas concepções de atuação dos envolvidos.
Para a mestranda, as principais contribuições para o desenvolvimento regional “ocorrem na medida em que a atividade colabora na formação acadêmica e profissional, integrando-se ao Ensino e à Pesquisa, possibilitando aos acadêmicos o exercício da sensibilidade com as demandas regionais. Somados a isso, a Extensão se revela também como lócus de interdisciplinaridade, agregando áreas distintas e colaborando para a modificação da forma de transmissão do conhecimento, que tradicionalmente tem a tendência de fragmentação. Por meio da aproximação de diferentes indivíduos, a Extensão pode promover a formação de sujeitos de mudança, trabalhando no sentido de transformação social”, explica.
Secundarização da Extensão Universitária

No entanto, o estudo mostra também que existe uma grande desvalorização da Extensão Universitária em relação ao Ensino e à Pesquisa. Os resultados apontam que os fatores que dificultam a sua operacionalização são os recursos restritos, a curta duração dos programas/projetos, menor pontuação requerida em eventos e publicações de Extensão, uma cultura acadêmica que evidencia a Pesquisa, secundarizando a Extensão, e a burocratização dos processos. “Uma atividade que é considerada a de maior relevância social no tripé Ensino/Pesquisa/Extensão é, ao mesmo tempo, inferiorizada. A UFFS é uma universidade popular que tem na sua gênese a característica da participação e da construção coletiva, e a Extensão, dos três pilares da academia, é o que tem mais proximidade com a sociedade, reafirmando o compromisso de produzir e socializar o conhecimento, inclusive com aqueles que estão além dos muros da universidade”, destaca Mariângela.
A acadêmica acrescenta que não é pretensão da Extensão resolver os problemas históricos da região, porém ela se coloca na perspectiva de buscar a integração de seu entorno, auxiliando na promoção do desenvolvimento regional. “Este estudo pretende colaborar no sentido de dar mais visibilidade à Extensão realizada no Campus Cerro Largo, e à transformação social que uma universidade federal pode promover numa comunidade, objetivando também a reflexão sobre os caminhos dessa atividade, podendo auxiliar subsidiariamente na Política de Extensão da UFFS”, finaliza.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

CHUVARADA PODERÁ PREJUDICAR A OKTOBERFEST MISSÕES.

A previsão é de muita a partir desta noite de 11
de Outubro dia da Abertura de mais uma
edição da Oktoberfest Misssões aqui em Cerro Largo.
A boca não tá boa e deve chover muito já à partir
desta noite indo até sábado. Como são previstos
mais de 150 mm de chuva esperamos que 
não ocorram prejuízos maiores aos participantes
da nossa Festa junto ao Parque da Expocel.

AMM CONFIANTE NA EMENDA PELA PONTE INTERNACIONAL.

Emenda de bancada: AMM segue confiante e mobilizada pela inclusão da ponte Porto Xavier/San Javier
11 de Outubro de 2017
Até a próxima terça-feira (17) os deputados irão votar as prioridades que serão contempladas no orçamento 2018. E a região das Missões estará novamente representada no Congresso Nacional.

A força e determinação do povo missioneiro mais uma vez foi exaltada com louvor. Na noite de terça-feira (10/10), mais de 40 representantes da região das Missões, incluindo prefeitos, vereadores, secretários municipais, imprensa e deputado estadual, apresentaram para a bancada federal gaúcha o projeto da ponte internacional Porto Xavier (Brasil) e San Javier (Argentina). A comitiva missioneira não apenas pediu aos parlamentares para que elencasse o pleito para o orçamento de 2018, mas também contextualizou que, conforme apontam as características do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA), técnica e economicamente Porto Xavier é o melhor local para receber o empreendimento.

Antes da reunião da bancada gaúcha a comitiva missioneira, liderada pelo presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM) Brasil Antonio Sartori, e pelo diretor do Departamento de Turismo (Detur), Ricardo Klein, teve uma reunião preliminar no plenário 11 da Câmara dos Deputados, que contou com a presença dos deputados federais Darcísio Perondi, Cajar Nardes e Jerônimo Goerguem, além do deputado estadual e presidente da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa, Eduardo Loureiro, que sempre defendeu as lutas da AMM, em especial a instalação da ponte na região das Missões.

AS MISSÕES CONFIAM NA BANCADA GAÚCHA
Durante todo o dia de segunda-feira (9) e de terça-feira (10), representantes da região das Missões percorreram todos os gabinetes buscando voto dos parlamentares, e entregando um documento completo com todas as informações sobre o projeto da ponte Porto Xavier/San Javier. Numa verdadeira peregrinação no Congresso Nacional, os missioneiros carregavam, com muito orgulho, uma faixa com foto do projeto da nova concepção da ponte e com uma frase que demonstra o sentimento que move as lideranças missioneiras: AS MISSÕES CONFIAM NA BANCADA GAÚCHA!

SEM TRÉGUAS
As votações das prioridades que serão contempladas em emendas de bancada no orçamento de 2018, cujas propostas de diferentes regiões do RS foram oficialmente apresentadas à bancada gaúcha na última terça, devem ser definidas e anunciadas até a próxima terça-feira (17/10). O projeto da ponte internacional Porto Xavier/San Javier foi apresentado pelo presidente da AMM e prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Sartori, e pelo secretário Executivo do Detur, Marcos Mattos, acompanhados de toda a comitiva da região das Missões. “Nossa força não pode esmorecer e seguimos trabalhando junto à bancada federal gaúcha. A AMM estará novamente muito bem representada em Brasília, na segunda-feira (16), se possível com prefeitos que não puderam nos acompanhar nesta semana”, ressaltou Sartori. Ele acrescentou que enquanto isso, prefeitos e vereadores continuarão em contato e buscando apoio dos parlamentares de suas bases.
Presidente da Comissão Binacional Pró-Ponte Porto Xavier/San Javier, Vilmar Kaiser salientou que as perspectivas são muito positivas. “Sempre que há mobilização e união, as chances de êxito são maiores. Estamos confiantes e empenhados para que, depois de mais de 50 anos, este sonho se torne realidade”, evidenciou Kaiser, que é prefeito de Porto Xavier.

COMITIVA MISSIONEIRA
Integraram a comitiva missioneira, além de vereadores e secretários municipais, o presidente da AMM e prefeito de Entre-Ijuís, Brasil Antonio Sartori; o presidente da Comissão Binacional Pró-Ponte Porto Xavier/San Javier e prefeito de Porto Xavier, Vilmar Kaiser; o vice-residente da AMM e prefeito de Rolador, Paulo Peixoto; o diretor do Detur e prefeito de São Nicolau, Ricardo Klein; o deputado estadual, Eduardo Loureiro; o presidente da Associação do Legislativo das Missões (ALM), vereador Bio Milczarek; os prefeitos de Bossoroca, José Moacir Dutra; Roque Gonzales, João Hass; São Paulo das Missões, Noeli Borré Ruwer; Guarani das Missões, Jeronimo Jaskulski; Santo Ângelo, Jacques Barbosa; São Miguel das Missões, Hilário Casarin; Salvador das Missões, Daniel Gorski; São Luiz Gonzaga, Sidney Brondani e Eugênio de Castro, Jaime Zweigle.

O dirigente da AMM agradeceu com reconhecimento a fundamental participação dos prefeitos, vereadores, secretários municipais e também do deputado Loureiro, que estiveram na capital federal buscando o apoio da bancada gaúcha. De igual forma, agradeceu a atenção de todos os parlamentares gaúchos, independente de questões partidárias. “Foi um ato histórico esta forte mobilização pela ponte em Brasília. Mais de 40 missioneiros unidos e carregando a luta pela ponte Porto Xavier/San Javier numa faixa, na voz e principalmente no coração”, concluiu com otimismo, Brasil Antonio Sartori.
Neste contexto, é válido lembrar que para alguns a construção da ponte Porto Xavier/San Javier é mera utopia, porém, como disse o grande filósofo Martin Luther King “É MELHOR TENTAR E FALHAR, QUE PREOCUPAR-SE E VER A VIDA PASSAR”.


Por Karin Schmidt
Fonte: Assessoria de Imprensa AMM

terça-feira, 10 de outubro de 2017

AMM UNE FORÇAS PARA COBRAR ESTADO E UNIÃO.

AMM une forças para cobrar do Estado e da União quitação dos repasses aos municípios
10 de Outubro de 2017
Entre as principais medidas definidas na assembleia da Famurs, está a viabilização do pagamento dos recursos para os setores da saúde, educação e assistência social

O presidente da Associação de Municípios das Missões (AMM), Brasil Antonio Sartori, conjuntamente com dirigentes e representantes das outras 26 Associações Regionais gaúchas, participou da assembléia ordinária da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), realizada no final da tarde de segunda-feira (9/10), em Porto Alegre. O encontro foi permeado pela organização de ações de enfrentamento à crise econômica que segue afetando fortemente os municípios, em razão da falta de repasses financeiros por parte do Estado e da União para atender áreas prioritárias como saúde, educação e assistência social. “Tudo isso gera a diminuição nas receitas municipais, ou seja, quem sofre duras consequências é a nossa população, pois as prefeituras ficam impossibilitadas de atender todas as demandas necessárias”, constatou Sartori, que é prefeito de Entre-Ijuís.

Os trabalhos da reunião, que contou com a presença do ex-ministro e ex-presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo, foram coordenados pelo presidente da Famurs e prefeito de Rio dos índios, Salmo Dias. Ele explicou "que em agosto passado a Federação se manifestou favorável à judicialização por parte dos municípios contra o Tesouro do Estado para garantir os repasses da saúde, considerando que as prefeituras amargam atrasos desde maio de 2014. Salmo ressaltou que mais de 70 prefeituras já obtiveram liminar na Justiça para garantir os repasses do Estado e outras 60 ingressaram judicialmente com a mesma finalidade”.

As deliberações da assembleia incluem uma audiência no Palácio Piratini com o governador José Ivo Sartori, que será agendada via Famurs e contará com a presença dos dirigentes das 27 Associações Regionais do RS. “Sem dúvida a soma de esforços dos dirigentes das associações vai fortalecer as reivindicações municipalistas”, evidenciou Brasil Antonio Sartori, que contribuiu de forma significativa com sugestões que foram aprovadas pelos participantes .

EMPENHO DA FAMURS
Além de disponibilizar suporte técnico e jurídico para os municípios ingressarem na Justiça e garantirem os repasses mensais dos programas municipais de saúde pactuados com o Estado, a Famurs apresentará duas emendas à Proposta Orçamentária do Estado para 2018 (PL 188/2017), que tramita na Assembleia Legislativa e deverá ser votada em plenário até 28 de novembro. Nas emendas propostas, que devem ser protocoladas regimentalmente até a próxima dia sexta-feira (13/10), a Federação pede a destinação de R$ 24 milhões para incentivo aos hospitais de pequeno porte e pronto-atendimentos, e aditivo de R$ 20 milhões no orçamento para aplicação na Política de Incentivo Estadual à Qualificação da Atenção Básica em Saúde (Pies), que atinge os 497 municípios gaúchos.

Na área da saúde, ainda foi apresentada aos prefeitos a contrariedade à possível aprovação da PEC 22/2011, que dispõe sobre a política remuneratória dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias, que implicará déficit superior a R$ 22 milhões/ano nos orçamentos municipais, gerando repercussão em outras classes. A Famurs ainda apresentará outras duas emendas que contemplam, respectivamente, as áreas da assistência social e da educação. Conforme entendimento na assembleia, estes pleitos devem ser cobrados pelos prefeitos junto aos deputados de suas bases.

PAUTAS MUNICIPALISTAS 
Entre os assuntos que pautaram a asembleia ordinária da Famurs, que se estendeu até às 20 horas devido a intensidade e relevância dos temas abordados, destacam-se:

•Encontro de contas (PLV 25/2017) – trata do parcelamento de dívidas previdenciárias de Estados e municípios com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
•Precatórios (PEC 212/2016) - prorroga o prazo do pagamento dos precatórios de 2020 para 2030.
•Encargo vinculado ao repasse necessário (PEC 122/2015) – proíbe a imposição e a transferência, por lei, de qualquer encargo financeiro decorrente da prestação de serviço público para a União, os Estados, o Distrito Federal e os municípios, bem como proíbe a criação ou aumento de despesa que não conste da lei orçamentária anual ou do projeto de lei orçamentária anual enviado pelo chefe do Poder Executivo nos termos que especifica.
•Lei de Licitações (PL 6814/2017) – institui normas para licitações e contratos da Administração Pública.
•Consórcios Cauc (PL 2542/2015) – limita as exigências legais de regularidade, quando da celebração de convênios com a União, ao próprio consórcio público envolvido, sem estendê-las aos entes federativos nele consorciados.
•Consórcio CLT (PL 2543/2015) – estabelece que, no consórcio público com personalidade jurídica de direito público, o pessoal seja regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
•Legitimação ADI e ADC (PEC 253/2016) – altera o Artigo 103 da Constituição Federal para permitir que entidade de representação de municípios de âmbito nacional possa propor Ação Direta de Inconstitucionalidade e Ação Declaratória de Constitucionalidade.
•Resíduos sólidos (PEC 2289/2015) – prorroga o prazo para a disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos sólidos.
•Simplificação da prestação de contas dos pequenos municípios (PEC 77/2015) – estabelece que os órgãos e as entidades da administração pública dispensarão os municípios de menor porte, assim definidos em lei, tratamento jurídico diferenciado, com vistas a simplificar a liberação de recursos e a fiscalização das contas prestadas, inclusive de transferências voluntárias.
•Emendas aos PLOA direcionadas ao FPE e FPM (PEC 61/2015) – possibilita emendas individuais ao Projeto da Lei Orçamentária Anual da União para repasse de recursos diretamente ao Fundo de Participação dos Estados (FPE) e ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM).



Por Karin Schmidt
Fonte: Famurs

AMM SEMPRE PRESENTE .

AMM ESTARÁ PRESENTE NO 2º ENCONTRO INTERNACIONAL DE GOVERNOS LOCAIS E REGIONAIS DOS POVOS JESUÍTICOS 23 de Novembro de 2017 Geren...